Publicidade

Estado de Minas 'HACKERS DE GAMES'

Descobrir falhas ou tentar quebrar a regra de jogos comerciais vira mania entre gamers

Já tem até ranking dos usuários que mais recordes batem ou que mais truques acham para driblar comandos


postado em 12/02/2015 12:59 / atualizado em 12/02/2015 13:00


Você, gamemaníaco sabichão, nascido em meados da década de 1980, achava que havia desvendado todos os segredos e pormenores de Super Mario World, certo? Então você está redondamente enganado. O youtuber Jeffw356 realizou no emulador para Super Nintendo uma engenhosa manobra para executar um glitch (palavra usada no meio da informática para designar um mau funcionamento) descoberto nas últimas semanas de janeiro capaz de fazer o jogador zerar o jogo sem sequer passar da primeira fase. Tudo bem que o título é dono de várias soluções desbravadas pelos players, mas esse “macete” é o suprassumo dos “macetes”. O mais legal foi quando o usuário SethBling transpôs o intitulado “credits warp” para o console e obteve êxito ao realizar a manobra, fechando o game em pouco mais de seis (sim, leitor, seis) minutos! No entanto, como sempre há um fenômeno em todas as áreas – um Usain Bolt ou Michael Phelps da vida –, Dotsarecool chegou, destronou o rei e consagrou-se como o gatilho mais rápido de Super Mario World. Competindo contra si mesmo, o player completou o clássico de Shigeru Miyamoto em apenas um minuto, 52 segundos e cinco décimos, ato digno de todas as láureas. Embarcando nesse feito, selecionamos alguns glitches que já fazem parte da história dos videogames e os listamos para que você rememore os bons tempos e até tente praticar essas manobrinhas novamente!

» O POKÉMON LENDÁRIO
A série Pokémon, com suas versões Red e Blue, já estava devidamente estabelecida e também já havia se tornado uma fábrica de fazer dinheiro quando ele foi descoberto. MissingNo. surgiu dada a engenhosidade da Nintendo que, ao criar um jogo tão amplo, exigiu em demasia dos seus programadores. Com isso, claro que alguns probleminhas de “coding” apareceriam e o supracitado é o caso mais notório. Para poder capturar MissingNo. em Pokémon Blue você deve conversar com o senhor do tutorial das pokébolas em Viridian. Depois, deve usar o HM “Fly” e chega até Cinnabar Island e posteriormente utilizar a habilidade “Surf” e rodar pela margem leste da ilhota até encontrar a figura. A aparição de MissingNo. é desencadeada por uma sub-rotina e o pokémon “inexistente” tornou-se um dos glitches mais populares de toda a história. Eu mesmo, quando garoto e pouco (para não dizer nenhum) acesso à Internet, fazia de tudo para capturá-lo a fim de confirmar as lendas de que todos os seus itens iam a 99 e até mesmo o de que o seu save era corrompido. Ah, bons tempos!

(foto: Youtube/Reprodução )
(foto: Youtube/Reprodução )
 

» MARIO E O MUNDO NEGATIVO
Muitos garotos fizeram esse jogo à exaustão. O Mundo-1 (ou “Negativo”) de Super Mario Bros., para Nintendinho, consegue ser acessado por meio de uma warp room camuflada. É só você, com alguma paciência e um pouquinho de habilidade, ter o timing perfeito e fazer Mario atravessar a parede, agachando-se no cano de “saída” da fase 1-2 e dando um pulo em direção ao muro. Sinceramente, um dos momentos mais legais da história dos games é conseguir executar esse glitch com perfeição.

 

 

» BASTÃO INQUEBRÁVEL

(foto: Youtube/Reprodução )
(foto: Youtube/Reprodução )
Em The legend of Zelda: Ocarina of time, a vida do player não é nada simples se ele quer obter itens bastante interessantes. Um bem raro é bastão Deku inquebrável. Não conhece? Claro que conhece. É apenas um glitch decorrente de uma ação simples feita pelo jogador. O player deve dar um jump attack num muro. Se feito corretamente, o bastão atacará duas vezes a parede e apenas a parte superior dele vai se quebrar. Contudo, aí é que a “manha” mora. Link (não confundir o protagonista com a princesa Zelda, por favor, “newbie”) continuará com o item quebrado em mãos e... voilá, ele se torna indestrutível. O mesmo pode ser feito em Majora's Mask, mas a investida, em vez de ser feita contra um muro, deve ser contra um Dodongo, um dos inimigos do game. Em Twilight princess há também uma sacada bem bacana. O player pode derrotar o temível lorde Ganondorf com o auxílio da (pasmem!) vara de pescar. Você pode ludibriar o boss com o utensílio, ele vai ficar meio que embasbacado, distraído, tamanha a magnitude da vara e aí Link pode atacá-lo sem dó nem piedade com sua espada. Obrigado, Nintendo, obrigado, Miyamoto, por tornarem os dias dos gamers mais felizes. E que a empresa volte logo a operar no Brasil.

 

» SOU EU, YOSHI

(foto: Youtube/Reprodução )
(foto: Youtube/Reprodução )
Esse é bem simples, mas clássico. Muitos gamers reclamaram da ausência do icônico Yoshi em Super Mario 64, mas ele está lá e faz um cameo no jogo. Basta você gastar umas, digamos, 40, 50 horas para recolher 120 estrelas, ir à frente do castelo, ser atirado por meio de um canhão até um teto e lá encontrar o simpático dinossaurinho verde para o seu deleite. Tudo bem que você não pode subir no seu fiel companheiro, mas como bom amigo ele lhe dá um generoso presente. Bom, se você nunca fez isso e não sabe qual é a surpresa não teve infância mesmo, meu amigo. Então, como diria o folclórico ex-jogador Aloísio Chulapa: descubra.

 

 

» BÔNUS ROUND: AFOGANDO SEU SIM

(foto: Youtube/Reprodução )
(foto: Youtube/Reprodução )
Se você é alguma espécie de Jigsaw, personagem principal na trama da franquia Jogos vorazes, certamente já fez isso em alguma oportunidade em que jogou The Sims. É bem simples até. É só deixar seu sim dar aquele mergulho esperto a fim de refrescar-se do calor de verão e tirar a escada da piscina. Em poucos momentos, o ceifador já se apresentava e levava o seu querido personagem para os confins do além. Ah, outra coisa legal era jogar uma partida de xadrez com a morte, bem no estilo O sétimo selo, clássico do sueco Ingmar Bergman. Caso você vença a partida ante o encapuzado pode “ressuscitar” o seu sim. Não é bem um glitch, mas é divertidíssimo. E, vale frisar, que algumas peripécias “gamísticas” possibilitam até mesmo que o jogador mate a Dona Morte!

 

» MORTE NO GOLFE
Este pode ser uma troça dos competentes programadores da Rockstar, mas que é divertidíssimo, ah isso é. Em Grand Theft Auto V, seus personagens podem desfrutar de uma tranquila e revigorante partida de golfe. Contudo, quando eles violam as leis do campo algo muito bizarro ocorre, uma coisa meio possessão mesmo. Se você conseguir atingir na mosca algum outro golfista o seu character fica totalmente estático, larga o taco de golfe e num arroubo suicida vai ao chão como um saco de batatas em câmera lenta. É a coisa mais bisonha e linda simultaneamente do mundo. GTA V ainda conta com uns tubarões voadores dignos da franquia Sharknado. A Rockstar, tal qual Neymar, é #ousadiaealegria demais.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade