Publicidade

Estado de Minas

SpaceX adia para quarta lançamento da nave de observação solar


postado em 11/02/2015 08:35

Fortes ventos na Flórida forçaram a empresa americana SpaceX a adiar para quarta-feira o lançamento da nave espacial de observação solar Falcon 9, para continuar com a tentativa de reciclar seu foguete propulsor.

O lançamento da Falcon 9 com o Observatório Climático Deep Space (DSCOVR) - que custou 340 milhões de dólares - está agora programado para esta quarta-feira de Cabo Canaveral, Flórida, às 18H03 locais (23H3 de Brasília) - informou nesta terça-feira a empresa privada californiana.

"A segurança prevalece e vamos adiar o lançamento amanhã", disse o especialista da NASA George Diller.

A missão já havia sido adiada nos últimos dias devido a intempéries e falhas técnicas.

Na segunda-feira, intensas chuvas no sudeste dos Estados Unidos obrigaram a adiá-lo para esta terça-feira. No sábado, o lançamento foi adiado porque um radar da força aérea norte-americana registrou problemas técnicos.

O objetivo da DSCOVR é ajudar os meteorologistas espaciais, através da compilação de dados sobre os ventos solares e as tempestades geomagnéticas que podem causar danos aos sistemas elétricos na Terra.

Após o lançamento, a SpaceX fará outra tentativa para guiar e recuperar no Oceano Atlântico o primeiro estágio de seu foguete Falcon 9.

Esta será a segunda tentativa de resgate. No dia 10 de janeiro, o primeiro estágio havia chegado bem à plataforma, mas se rompeu em vários pedaços.

A SpaceX trabalhou durante dois anos no desenvolvimento de tecnologias para recuperar esta parte do lançador, o que um dia permitirá voltar a utilizá-lo várias vezes, reduzindo significativamente os custos de lançamento de satélites e naves espaciais.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade