Publicidade

Estado de Minas

Google transforma smartphones em tradutores instantâneos


postado em 14/01/2015 13:15 / atualizado em 14/01/2015 13:30

 

O Google lançou nesta quarta-feira uma nova versão de seu aplicativo gratuito "Google Translate" que tornará possível transformar qualquer smartphone em um tradutor instantâneo. Com esta nova versão, bastará apontar com qualquer smartphone que operar com Android ou Apple para cartazes, cardápios, receitas ou qualquer outro texto escrito em francês, alemão, italiano, português, russo ou espanhol, para obter sua tradução em inglês.

 

"Tornamos possível traduzir de forma instantânea um texto usando a câmera de seus smartphones, desta maneira é mais fácil, por exemplo, se orientar na zona rural italiana ou decidir o que quer comer em um cardápio em Barcelona", disse a equipe do "Google Translate" em um blog especializado. O aplicativo opera com o sistema Word Lens, que o Google adquiriu no ano passado quando comprou o Quest Visual, um empreendimento fundado pelo programador de informática Otavio Good. O Word Lens utiliza o modo de vídeo das câmeras dos smartphones para escanear cenas, identificar texto escrito e depois projetá-lo como se estivesse escrito em inglês. "É muito prático quando você olha o cardápio do restaurante, pode apontar (com o telefone) para o prato que deseja pedir", disse Good, ao mesmo tempo em que utilizava seu iPhone para escanear e traduzir uma receita italiana de massa.

O sistema funciona mesmo sem internet, evitando gastos com serviços de telecomunicações, acrescentou Good. O novo aplicativo também oferece um modo de conversação que utiliza o comando de voz e o armazenamento na nuvem do Google para traduzir o diálogo entre duas pessoas que falam diferentes idiomas. Para este uso uma conexão internet é necessária. O Google espera que este aplicativo, além de ajudar os turistas, também possa ser uma ferramenta útil para professores, equipes médicas, policiais e outros setores com papeis importantes nas crescentes comunidades multiculturais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade