Publicidade

Estado de Minas

Facebook notifica usuários de atualização nas políticas de privacidade

Mudanças estarão valendo a partir de janeiro de 2015. A rede social também lançou um guia interativo para ampliar a experiência de navegação


postado em 24/11/2014 11:50 / atualizado em 24/11/2014 12:32

Guia interativo está disponível em 36 idiomas(foto: Facebook/Divulgação )
Guia interativo está disponível em 36 idiomas (foto: Facebook/Divulgação )


Usuários do Facebook começaram a ser notificados pela rede social das atualizações dos termos e políticas que estarão valendo a partir de janeiro de 2015. Com o objetivo de "ajudar você a entender como o Facebook funciona e como controlar suas informações", a empresa anunciou recentemente novos recursos e controles na política de privacidade. No comunicado, a companhia cita seus termos, política de dados e de cookies, além da exibição de anúncios.

A empresa disponibilizou um guia interativo, disponível em 36 idiomas, para ajudar o usuário a controlar as informações cedidas ao Facebook. Entre as dicas do guia estão como escolher o público que visualiza as publicações.

O serviço de localização utilizado na rede social também foi destacado." Nós pedimos permissão para usar a localização do seu telefone quando oferecemos recursos adicionais, como fazer check-in ou adicionar sua localização às publicações.".

Privacidade


Outra preocupação da companhia de Mark Zuckerberg foi esclarecer de que forma utiliza as informações dos usuários das quais têm acesso. "Nós estamos atualizando nossas políticas para explicar como obtemos informações de localização dependendo dos recursos utilizados", explica, afirmando que aquilo que coleta é usado para melhorar a experiência no Facebook.

Outra opção que, inclusive, tem sido alvo de críticas é o serviço de propagandas com base na liberação de dados dos usuários aos anunciantes. "Às vezes, as pessoas perguntam como suas informações são compartilhadas com os anunciantes. Nada muda com estas atualizações. Nós ajudamos os anunciantes a alcançar as pessoas com anúncios relevantes sem dizer para eles quem é você", reitera.

Quem desejar, pode optar por não ver os anúncios que aparecem na timeline. A decisão automaticamente se aplica a todos os dispositivos em que o Facebook é utilizado. O Facebook disponibilizou essa ferramenta de preferências de anúncios em seis países, começando com Austrália, Canadá, França, Alemanha, Irlanda e Reino Unido.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade