Publicidade

Estado de Minas

China pretende enviar sonda a Marte até 2020, segundo a imprensa


postado em 18/11/2014 13:07

A China pretende enviar até 2020 uma sonda a Marte, que transportará um veículo teleguiado, após o fracasso de uma missão anterior com destino ao planeta vermelho, informa a imprensa estatal.

"Prevemos realizar uma missão em Marte até 2020, que incluirá a entrada em órbita de uma sonda, seu pouso em Marte e a exploração com um veículo", declarou o cientista Peng Tao ao jornal China Daily.

A agência espacial chinesa não anunciou oficialmente a nova missão, mas o desejo do país de explorar o planeta vermelho não é segredo.

A China aperfeiçoou recentemente sua tecnologia espacial, com o pouso no fim de 2013 da sonda Chang'e-3 na Lua e o desembarque de um veículo teleguiado, batizado de "Coelho de Jade", uma missão considerada um "grande sucesso" pelo governo. 

Mas o "veículo" lunar enfrentou alguns problemas mecânicos que o deixaram em uma espécie de estado de coma durante vários períodos.

A primeira missão chinesa para Marte terminou em fracasso em 2011. O satélite Yinghuo-1 deveria estudar a superfície e o campo magnético do planeta vermelho.

A China destina bilhões de dólares à conquista do espaço, considerada um símbolo da nova potência do país sob o governo do Partido Comunista.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade