Publicidade

Estado de Minas

Novo vírus pode infectar iPhones através de computadores Mac


postado em 07/11/2014 08:45

WASHINGTON - Um novo 'malware' recém-descoberto pode infectar celulares iPhone através dos computadores da Apple, uma ameaça para os dispositivos móveis que, por muito tempo estiveram a salvo de ciberataques, alertaram especialistas.

Analistas da Palo Alto Networks, uma empresa de cibersegurança, indicou que o 'malware' (software malicioso) apresenta "características não vistas em nenhuma ameaça prévia documentada contra as plataformas da Apple".

Isto representa "uma ameaça potencial para negócios, governos e clientes da Apple em todo o mundo", afirmaram.

O 'malware', denominado WireLurker, "consegue roubar uma variedade de informação dos dispositivos móveis, que infecta e regularmente requer atualizações de comando dos atacantes e do servidor de controle", segundo um informe de segurança da firma, acrescentando que "o objetivo final do criador ainda não está clara".

Ainda que no passado os 'hackers' tenham conseguido atacar iPhones "jailbroken", ou seja, modificados pelo usuário para usar software não autorizado pela Apple, esta nova ameaça parece pôr em risco os dispositivos que não foram modificados, acrescentou a empresa.

"O WireLurker não se parece com nada que tenhamos visto em termos de 'malwares' contra o Apple iOS e o OS X", disse Ryan Olson, da Palo Alto.

"As técnicas que estes piratas utilizam sugerem que estão se tornando cada vez mais sofisticados na hora de explorar uma das melhores plataformas de escritório e celular que há no mundo", prosseguiu.

Segundo os pesquisadores, o 'malware' WireLurker primeiro infecta os computadores Mac, que usam o sistema operacional OS X, e depois se instala sozinho nos dispositivos iOS - iPads ou iPhones - quando estão conectados a computadores em uma porta USB.

O 'malware' foi rastreado em uma loja de aplicativos chinesa, que infectou 467 aplicativos de download 356.104 vezes, afetando potencialmente centenas de milhares de usuários.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade