Publicidade

Estado de Minas

Google exibe rios e mosteiros do Butão


postado em 28/10/2014 12:04 / atualizado em 28/10/2014 12:22

(foto: Reprodução/Google Street View)
(foto: Reprodução/Google Street View)
 

THIMBU - O site de buscas Google revelou alguns dos mistérios do Butão, ao publicar em seu serviço Street View imagens de tirar o fôlego de montanhas cobertas de neve, mosteiros e rios de águas cristalinas desde desconhecido reino do Himalaia.

Famoso por seu índice de "Felicidade Interna Bruta" e por promover um estilo de vida alternativo, o Butão se mantém há tempos como um dos países mais isolados do mundo.

O "reino do Dragão do Trovão", orgulhoso de suas tradições, suspendeu a proibição da TV em 1999 e se protege das influências externas, limitando o turismo.

Em um dos poucos gestos de abertura ao mundo, o governo autorizou o Google a percorrer o país para fotografar suas magníficas paisagens e publicá-las na internet.

"A maioria dos governos adora o Street View porque permite que promovam o turismo", explicou à AFP Divon Lan, um dos encarregados do projeto.

"No Butão, o contexto era diferente. A questão era: 'Como divulgar o Butão sem atrair uma enxurrada de turistas que podem perturbar e danificar nossa cultura?'", continuou.

(foto: Reprodução/Google Street View)
(foto: Reprodução/Google Street View)

Em março de 2013, um veículo do Google iniciou um longo périplo de 3.000 quilômetros. Com 15 câmeras, o veículo tirou mais de um milhão de fotos para produzir imagens em 360º.

O porta-voz do Conselho de Turismo do Butão, Damcho Rinzin, afirmou que, embora os visitantes sejam bem-vindos, o país não quer se tornar outro destino turístico.

"O Google Street View é uma forma de preservar nossa cultura em um momento de grandes mudanças. Lembra-nos do que temos no Butão", disse Rinzin.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade