Publicidade

Estado de Minas

Argentina diz ter achado pelo Facebook filho desaparecido há 18 anos


postado em 12/09/2014 10:02

BUENOS AIRES - Dulio Nahuel Fernández tinha 3 anos em 1996 e vivia na província argentina de Tucumán (norte) com sua família quando desapareceu, e 18 anos mais tarde, sua mãe Leonor Peralta acredita tê-lo encontrado, através da rede social Facebook, vivendo nos Estados Unidos.

"Temos que esperar o relatório do FBI, espero chegar ao final disto e tirar as dúvidas", declarou Peralta nesta quinta-feira ao canal Todo Noticias.

Em Tucumán, 1.200 km ao norte de Buenos Aires, a mulher contou que uma prima recebeu em novembro do ano passado uma mensagem privada pela rede social na qual uma mulher dos Estados Unidos dizia saber onde seu filho estava.

"A mensagem dizia que sabia onde Dulio estava e que tentava nos localizar desde 2003, mas que não conseguiu", disse Peralta.

Romina Fernández, outra filha de Peralta, entrou em contato com o jovem, de nome David, enviando uma solicitação de amizade pelo Facebook.

"Ele conta que está em uma banda de música, que toca guitarra. Ela fala de seus projetos, que é bailarina, professora de dança. Mas não podemos dizer ainda que suspeitamos que possa ser Dulio", contou a mulher.

O jovem vive agora nos Estados Unidos com sua suposta mãe e tem supostas irregularidades em sua documentação.

A principal prova que leva a crer que ele seria Dulio é uma perícia digital realizada a partir de uma fotografia do menino com uma progressão de envelhecimento que "deu 80% de compatibilidade", disse.

No dia 1 de janeiro de 1996, a família Fernández estava aproveitando um feriado com amigos em um balneário de Tucumán e Dulio, que tinha 3 anos, acompanhou seu irmão mais velho para comprar um sorvete.

O vendedor ambulante disse que não tinha troco e mandou o menino mais velho ir buscar dinheiro, mas quando ele voltou o sorveteiro e Dulio haviam desaparecido, relatou a mãe.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade