Publicidade

Estado de Minas

Rússia quer o fim do wi-fi sem identificação do usuário


postado em 08/08/2014 13:07

MOSCOU - O governo russo publicou nesta sexta-feira um decreto que exige que os russos forneçam seu número de identidade ou de passaporte quando se conectarem a uma rede de wi-fi pública, o que provocou a indignação dos internautas.

Este decreto é, na realidade, uma emenda a uma lei já existente e que prevê que a operadora só deve fornecer serviços de intercâmbio de dados e conexão à internet através da identificação do usuário.

Esta medida causou revolta entre os internautas. "Um verdadeiro 'Big Brother' está nascendo ante nossos olhos. Um sistema que conhece quem escreveu o que, quando e onde", criticou em seu blog Alexei Navalny, o opositor número um do Kremlin.

O ministério das Comunicações alegou que esta medida faz parte da luta contra o terrorismo e que não afeta as redes wi-fi privadas.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade