Publicidade

Estado de Minas

Hackers roubam 1,2 bilhão de senhas


postado em 06/08/2014 11:13

WASHINGTON - Um grupo de hackers russos roubou cerca de 1,2 bilhão de senhas da Internet de uma grande empresa americana, envolvendo usuários de várias partes do mundo, revelou nesta terça-feira o jornal The New York Times.

Citando especialistas da consultoria Hold Security, o jornal informa que o roubo envolve os nomes dos usuários e as respectivas senhas utilizadas em 420 mil sites, que vão desde páginas desconhecidas a grandes nomes da Web.

O jornal explica que os hackers invadiram 500 milhões de contas de e-mail.

"Os hackers não apenas atacaram as empresas americanas, atacaram todas as páginas que puderam, de empresas do Fortune 500 a pequenos sites", disse o fundador da Hold, Alex Holden. "E muitas destas páginas ainda estão vulneráveis".

Ao que parece, este foi o maior roubo de senhas já efetuado, e o grupo operou a partir de um local no centro-sul da Rússia.

The New York Times disse que o grupo de hackers é formado por ao menos doze homens com vinte e poucos anos e cujos servidores estão na Rússia.

"Há uma divisão de trabalho no bando. Alguns decodificam e outros roubam os dados".

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade