Publicidade

Estado de Minas

Terapia de choque trata os viciados em Facebook


postado em 29/08/2013 11:42 / atualizado em 29/08/2013 12:00

O dispositivo Pavlov Poke combate o vício em Facebook com choques elétricos (foto: All rights reserved)
O dispositivo Pavlov Poke combate o vício em Facebook com choques elétricos (foto: All rights reserved)
Quer diminuir o tempo que você passa descendo a barra de rolagem para ver o que tem de novo no seu feed do Facebook? Dois estudantes de PhD desenvolveram uma solução um tanto quanto radical: criaram um dispositivo que dá pequenas descargas elétricas na sua mão quando você fica muito tempo no site da rede social.

Quando Robert R. Morris e Dan McDuff perceberam que ficavam logados no Facebook mais de 50 horas por semana, um tempo precioso que poderia ser dedicado a escrever suas dissertações, por exemplo, eles decidiram agir e criar uma terapia de aversão. Apelidado de Pavlov Poke, o sistema rastreia suas ações e envia um sinal para uma placa Arduino que, por sua vez, emprega um um choque inofensivo, mas ainda assim doloroso na sua mão.

Embora ainda não esteja à venda e tenha sido concebido como uma piada, o dispositivo está recebendo uma série de comentários e gerando barulho na internet. Blogueiros discutem os perigos reais do vício em internet.

De acordo com Morris e McDuff, os usuários do Facebook ficam no site uma média de 400 minutos por mês. Pesquisas anteriores descobriram que as mídias sociais podem ser tão viciantes quanto jogos de azar, cigarros e álcool.

Alternativa
Morris e McDuff também trazem uma solução alternativa: em vez de choques elétricos, o dispositivo pode postar um pedido de emprego no site de mercado de trabalho Mechanical Turk oferecendo dinheiro para alguém te ligar e te repreender por usar demais o Facebook ou assistir a muitos vídeos de gatos engraçados no YouTube.

Outras maneiras de controlar esse desperdício de tempo na web incluem o StayFocused para usuários do Chrome e o LeechBlock para usuários do Firefox. Ou você pode experimentar também os aplicativos Freedom ou Self Control, que desligam a sua conexão de internet por períodos de tempo para permitir a concentração e o pensamento criativo.

Teste seu vício

Para ver se você corresponde a essa parcela que gasta tanto tempo no Facebook, o blog especializado em tecnologia Gizmag até postou uma escala para medir o seu nível de vício em Facebook. Confira.


Responder com 4 ou mais para quatro ou mais das questões seguintes sugere que você está viciado no  Facebook.
Você gasta muito tempo pensando no Facebook ou planejando usá-lo
Você sente uma urgência em usar o Facebook mais e mais
Você tentou, sem sucesso, cortar o uso do Facebook
Você fica agitado ou perturbado se é impedido de usar o Facebook
Você usa tanto o Facebook que tem um impacto negativo no seu trabalho ou estudo

 

(1) Muito raramente
(2) Raramente
(3) Às vezes
(4) Frequentemente
(5) Com muita frequência

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade