Publicidade

Estado de Minas FACEBOOK

Que seja eterno enquanto pague: site oferece namorada virtual falsa para impressionar amigos

Empresário teve a ideia após observar perfis dos amigos que terminavam relacionamentos. Ele diz que a intenção pode ser provocar ciúmes ou diminuir comentários sobre a sexualidade do contratante


postado em 16/01/2013 13:58 / atualizado em 16/01/2013 14:23

Há quatro opções de serviço definidos pelo grau de afinidade: ficante, ex-namorada, namorada e namorada virtual. Enquanto um
Há quatro opções de serviço definidos pelo grau de afinidade: ficante, ex-namorada, namorada e namorada virtual. Enquanto um "rolo" de três dias custa R$ 10 e dá direito a três comentários, é possível contratar um relacionamento mais "sério", de um mês, desembolsando R$ 99. (foto: Reprodução/ namorofake.com.br)

Fake é só mesmo o nome do site que tem dado o que falar desde segunda-feira: Namoro Fake, portal que permite a você contratar uma namorada virtual para fazer bonito no Facebook. Depois de surgirem insinuações de que a novidade fosse apenas uma jogada de marketing para a apresentação de um novo produto, o sócio proprietário se apresentou à mídia. Flávio Estevam, 32 anos, tem uma empresa de desenvolvimento de sites em Campo Grande (MS) e já lançou outros serviços inovadores– e polêmicos–, como o Se eu morrer primeiro (www.seeumorrerprimeiro.com.br), espécie de cofre digital que armazena seus segredos e só revela depois de sua morte.

Estevam conta que sempre está em busca de novas startups e que observando dois amigos no Facebook, que estavam passando por situações de fim de namoro, teve a grande ideia. “Ambos faziam comentários maliciosos no perfil para causar ciúmes às ex-namoradas que, por fim, não acreditavam, pois não existia a segunda pessoa”, detalha. Em seguida, ele elaborou em detalhes como resolver a questão de ter uma “namorada fake” no Facebook. Antes do lançamento, ele conta que testou o serviço para verificar se era viável ou não.

Há quatro opções de serviço definidos pelo grau de afinidade: ficante, ex-namorada, namorada e namorada virtual. Enquanto um “rolo” de três dias custa R$ 10 e dá direito a três comentários, é possível contratar um relacionamento mais sério, de um mês, desembolsando R$ 99. O super pacote conta com 30 comentários no seu perfil e até mudança de status para causar ainda mais furor no universo do Face. Definido o plano, o consumidor conclui o pagamento direto por meio do Pag Seguro, podendo dividir a conta no cartão em até 12 vezes. O site envia ao seu e-mail o login e senha para a área restrita. Nesse espaço privado se escolhe a pretendente que irá enviar um pedido de amizade para o perfil em questão.

Flávio Estevam, 32 anos, tem uma empresa de desenvolvimento de sites em Campo Grande e já lançou outros serviços polêmicos(foto: Arquivo Pessoal)
Flávio Estevam, 32 anos, tem uma empresa de desenvolvimento de sites em Campo Grande e já lançou outros serviços polêmicos (foto: Arquivo Pessoal)
Segundo Estevam, o site é direcionado só ao homens, em um primeiro momento, por ter identificado a demanda. No entanto, ele diz que, em breve, deve oferecer perfis de namorados falsos para o público feminino. Além disso, já pensa em um plano de expansão que deve contemplar o Twitter. “Estamos em busca de sócios-investidores para tornar realidade a oferta do serviço para outros países como Argentina e Chile e, em seguida, Europa”, ressalta.

Como toda startup, o Namoro Fake tem um número reduzido de funcionários: apenas três profissionais. O conteúdo é sempre criado pelo próprio cliente, que envia a mensagem restrita que ele quer receber naquele post específico. Lançado há quinze dias, Estevam afirma que há uma grande demanda de clientes que terminaram um namoro e querem fazer ciúmes à ex-namorada. “Outra finalidade é receber um comentário de uma ‘ficante’ dizendo, por exemplo, que a noite passada foi maravilhosa. E também é a intenção de alguns usuários impressionar os amigos ou diminuir comentários sobre a sexualidade duvidosa”, complementa. Por enquanto, Estevam garante que ninguém descobriu a farsa e que os usuários estão bastantes satisfeitos. O sócio proprietário é categórico em afirmar que as negociações são sigilosas e não dá nenhuma pista sobre a história de seus clientes.

Ele afirma não ter medo do site ser alvo de preconceito, afinal: não oferece namoro e encontros reais. Além disso, diz estar acostumado a lançar serviços diferentes na internet, que geram polêmica. “Não vamos deixar de arriscar em inovação e descobrir novos mercados e desejos a serem atendidos”. Estevam lembra que ainda existe um certo receio em relação a sites de compra coletiva, cursos on-line e agências virtuais de encontros e namoro. “Nosso objetivo não é impor uma idéia nem julgar aquele que não se identifica com nossa proposta”, ressalva.

Apesar das regras do Facebook serem claras em relação à proibição de perfis falsos na rede, Estevam está confiante que não terá nenhum problema. “Os perfis são criados como um personagem e não são cópias de pessoas reais, como o de muitos artistas famosos. Buscamos sempre seguir os termos de uso do Facebook em cada perfil. Tudo o que fazemos é legalizado”, esclarece.

Na tarde de hoje, o site enviou uma nota informando que, com a grande demanda dos últimos dois dias, os perfis falsos foram esgotados. Eles resolveram excluí-los e contrataram mulheres reais que os procuraram para oferecer o serviço de namorada de aluguel. “Até o momento, temos 28 perfis reais atendendo a fila de clientes e já decidimos acabar com os falsos e oferecer apenas os de mulheres verdadeiras, dando mais veracidade às contratações e não infringindo qualquer termo de uso do Facebook”.


Acesse:
Namoro Fake
namorofake.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade