Publicidade

Estado de Minas SÉRIE A

América: Com respeito, mas apostando na reação americana


25/09/2021 04:00 - atualizado 25/09/2021 10:32

Zagueiro Eduardo Bauermann diz que evolução do Coelho mostra que a equipe vai também 'propor o jogo' diante do Flamengo
Zagueiro Eduardo Bauermann diz que evolução do Coelho mostra que a equipe vai também 'propor o jogo' diante do Flamengo (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press - 29/8/20)

De um lado, um América que vem reagindo ponto a ponto na Série A do Campeonato Brasileiro, invicto há quatro partidas e começando a escapar da zona de rebaixamento. Do outro, um Flamengo que ainda briga pelo título e integra o G-4 da competição. Para o zagueiro Eduardo Bauermann, a evolução americana dá segurança o bastante para enfrentar um rival tão qualificado.

"O que tem sido diferencial nesses últimos jogos, para a gente, é a nossa concentração e a nossa determinação para cumprir os papéis que têm de ser feitos dentro de campo. Acredito que, se nós fizermos um jogo concentrado, com determinação e disposição para 'pagar o preço', vamos sair com um bom resultado", projetou.

A partida será às 11h de amanhã, no Independência. O Coelho vem de dois empates fora de casa (0 a 0 com o São Paulo, e 1 a 1 com o Corinthians, e vitórias em casa, ambas por 2 a 0, contra Ceará e Athetico). Mesmo com os clubes em situações muito distintas (o alviverde é o 16º colocado, com 23 pontos, e o adversário é o terceiro, com 34), o defensor demonstra otimismo para enfrentar o rubro-negro: "As minhas expectativas são as melhores. É nítido que o nosso time vem evoluindo a cada jogo. Nós vamos fazer um bom jogo e tenho certeza de que vamos sair com um bom resultado", garantiu.

O Flamengo vem de uma sequência poderosa, tendo perdido somente três dos últimos 20 jogos que disputou (2 a 1 para o Atlético, no Mineirão, 4 a 0 diante do Internacional, e 1 a 0 para o Grêmio, ambos no Maracanã). Neste período, o rubro-negro trocou o comando técnico, somou impressionantes 16 vitórias (com várias goleadas) e apenas um empate.

"Independentemente de quem for do outro lado, a gente sempre entra em campo buscando a vitória. Sabemos que vamos encontrar certas dificuldades em todos os jogos, mas o objetivo é sempre este: entrar em campo para ganhar, independentemente do adversário, porque confiamos no nosso trabalho", completou Bauermann.

Para o zagueiro americano, a 'concentração' e a 'determinação' têm sido fatores cruciais para os recentes bons resultados do Coelho. Ele gerou preocupação entre a comissão técnica por um problema no tornozelo esquerdo. Ficou fora no duelo com o Corinthians e voltou no 0 a 0 com o tricolor, tornando a se queixar de dor na região.

O atleta, no entanto, garante que está recuperado. Ele confirmou que atuou com desconforto no Morumbi, mas enfatizou: “Eu estou me sentindo bem. Já estou melhor. Sabemos que nesse momento toda ajuda é bem-vinda”.

*Estagiário sob supervisão do subeditor Eduardo Murta

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade