Publicidade

Estado de Minas SÉRIE A

Na reta final do Brasileiro, Atlético 'seca' rivais diretos

A dez partidas do encerramento do campeonato, Galo terá tabela mais confortável


16/01/2021 04:00 - atualizado 16/01/2021 12:32

Nathan promete entrega total: %u201CO nosso sonho, o sonho do torcedor, é ser campeão e vamos lutar até o final%u201D (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press %u2013 2/8/20)
Nathan promete entrega total: %u201CO nosso sonho, o sonho do torcedor, é ser campeão e vamos lutar até o final%u201D (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press %u2013 2/8/20)


O Campeonato Brasileiro entra em sua reta final e o Atlético se prepara para tentar a arrancada que lhe possibilite chegar ao título. Para isso, conta com uma tabela teoricamente um pouco mais confortável que a do líder, São Paulo, e a do vice-líder, Internacional, que começaram a 30ª rodada à frente. O Galo ainda tem um jogo a menos que eles, contra o Santos, pela 28ª rodada, no Mineirão.

Excetuando-se essa partida postergada, o alvinegro terá seis adversários que atualmente ocupam as 10 últimas posições na tabela de classificação. Já os concorrentes têm apenas cinco. E o tricolor e o Colorado vão se enfrentar na 31ª rodada, com um tirando pontos do outro ou ambos perdendo aproveitamento em caso de empate.

Para completar, o Inter ainda fará clássico com o Grêmio na 32ª rodada, enquanto o São Paulo vai encarar o Palmeiras na 34ª. Ambos atuarão em casa nesses confrontos.

Mas nada disso terá importância se o Atlético não fizer a parte dele. A começar com vitória sobre o Atlético-GO, amanhã, às 18h15, no Gigante da Pampulha. O time vem de empate fora de casa contra outro rival da parte de baixo da tabela, o Bragantino, na segunda-feira, e precisa voltar a somar três pontos urgentemente.

“Sabemos da importância desse jogo. No primeiro turno, foi uma partida que marcou minha volta depois de me recuperar de lesão. Fiz gol, sofri pênalti. Tomara que agora eu consiga novamente fazer um grande jogo, caso escalado, e, principalmente que o Atlético saia com a vitória”, afirma o armador Nathan, cujo desempenho neste brasileiro foi prejudicado justamente por problemas físicos: primeiro, sofreu lesão muscular na perna direita e, depois, edema na coxa esquerda.

Além dos goianos, o Galo pegará, entre os que estão na segunda metade da tabela de classificação, Vasco, Fortaleza, Goiás, Bahia e Sport. Já dos que lutam pelo título ou Libertadores, terá como adversários Grêmio e Palmeiras, que estão entre os melhores do returno, além de Fluminense.

Já o Inter encara, além do São Paulo e do Grêmio, o Flamengo e o Corinthians. O São Paulo, por sua vez, duela, entre os primeiros colocados, com Inter, Palmeiras, Grêmio e Flamengo. Além disso, ambos pegam o Atlhetico, que tem uma das melhores pontuações no returno do Brasileiro.

Para se aproveitar da situação, o Atlético tenta reencontrar a força do início da competição. Foram sete triunfos nos primeiros 10 confrontos, o que lhe permitiu liderar. “No começo do campeonato, conseguimos muitas vitórias seguidas e o principal jogo acho que foi contra o Corinthians, quando saímos perdendo por 2 a 0 e viramos (pela segunda rodada). Ali, mostramos o espírito do Atlético, que lutamos até o final pelas vitórias. É isso que temos de continuar”, diz Nathan.

Como a maioria dos atleticanos, ele não abre mão de almejar o título, ainda que o time tenha caído na tabela. “Jogador quando veste uma camisa do tamanho da do Atlético tem de pensar sempre na vitória. Temos de manter o máximo focado nesses 10 jogos que faltam. O nosso sonho, o sonho do torcedor, é ser campeão e vamos lutar até o final.”

FORMAÇÃO Amanhã, o técnico Jorge Sampaoli tem a opção de repetir o time que começou jogando contra o Bragantino, mas pode mudar, pois o volante Jair, melhor condicionado fisicamente, tende a ganhar chance como titular.


enquanto isso...
…clube renova com patrocinador

O Atlético anunciou ontem a extensão até 2026 do contrato de patrocínio do Banco BMG. Houve mudanças no novo acordo, com a marca da instituição financeira passando para as costas da camisa de jogo, acima do número dos atletas. Assim, abre espaço para outro patrocinador máster, o site de apostas grego Betano. A alteração também atinge a equipe Sub-20. Já nas equipes sub-17, sub-15 e no Galo Feminino, o BMG continuará figurando à frente do uniforme.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade