Publicidade

Estado de Minas SÉRIE B

Finalmente fora do Z-4

Mesmo com um jogador a menos por quase todo o segundo tempo, América empata com o Vitória e deixa zona da degola. Agora, tenta embalar em duelo em casa com o lanterna


postado em 22/08/2019 04:00

No Barradão, o Coelho segurou o 0 a 0 com o rubro-negro baiano: próximo adversário será o Guarani, no Horto(foto: ESTEVÃO GERMANO/AMÉRICA/DIVULGAÇÃO)
No Barradão, o Coelho segurou o 0 a 0 com o rubro-negro baiano: próximo adversário será o Guarani, no Horto (foto: ESTEVÃO GERMANO/AMÉRICA/DIVULGAÇÃO)

O América finalmente concluiu uma rodada da Série B do Campeonato Brasileiro fora da zona de rebaixamento. Atuando boa parte do segundo tempo com um jogador a menos, o time arrancou o 0 a 0 com o Vitória, no Barradão, em Salvador.

Agora na 16º colocação (a primeira acima do grupo da degola), o alviverde chegou aos 18 pontos, mesma pontuação do Oeste, clube que abre o Z-4. A equipe mineira está à frente do paulista na tabela por ter uma vitória a mais: 4 a 3. Agora, o Coelho já mira o duelo contra o Guarani, no domingo, às 11h, no Independência, pela 18ª rodada da competição nacional. O clube de Campinas é o último colocado da Segunda Divisão, com 13 pontos.

No duelo em Salvador, o técnico Felipe Conceição escalou uma formação com o retorno do meia Felipe Azevedo, que estava com incômodo no adutor da coxa direita, e usou pela primeira vez o também meia Geovane como titular.

O fato de estar jogando fora de casa não intimidou o América, que encarou o clube baiano. As melhores chances do Coelho surgiram dos pés de Júnior Viçosa. Como aos 14min, quando o centroavante chutou fraco da entrada da área para a defesa de Martín Rodríguez. Ele tentou de novo aos 28min, em escorada de Felipe Azevedo, mas isolou a bola.

Mesmo apoiado pela torcida e numa briga direta por posições, o Vitória teve pouco ímpeto no Barradão. Apesar de contar com nomes conhecidos no ataque, como Felipe Gedoz e Anselmo Ramon, o clube baiano não conseguiu ser ofensivo. A única boa oportunidade no primeiro tempo foi aos 21min. Gedoz limpou Leandro Silva dentro da grande área e chutou. A bola desviou e Jori mandou para escanteio.

LIGADO No segundo tempo, o América voltou ainda mais ligado. Logo no começo, Matheusinho chutou forte de fora da área e obrigou o goleiro Rodríguez a uma boa intervenção. Em seguida, Matheusinho, na ponta esquerda, cruzou para trás e Geovane, sozinho, pegou de primeira. A bola explodiu no travessão.

No entanto, o bom momento do Coelho foi interrompido com a expulsão do volante Zé Ricardo. Aos 20min, ele ergueu o pé em disputa de bola com Lucas Cândido, volante emprestado pelo Atlético, e recebeu o segundo cartão amarelo. Na transmissão do SporTV, o comentarista de arbitragem Sandro Meira Ricci disse que o árbitro Rodrigo Raposo poderia ter sido menos severo e considerou exagerado o cartão vermelho.

Porém, a superioridade numérica não foi suficiente para o Vitória melhorar na partida. O América conseguiu se segurar e arrancou um importante empate no Barradão. Agora, começa a preparação para encarar o Guarani, no Horto.



VITÓRIA 0 X 0 AMÉRICA
Vitória
Martín Rodríguez; Van, Éverton Sena, Ramon e Capa; Baraka, Lucas Cândido e Felipe Gedoz; Ruy (Caicedo), Anselmo Ramon (Eron) e Thiaguinho (Marcelo)
Técnico: Carlos Amadeu
América
Jori; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Geovane (Willian Maranhão); Matheusinho (Diego Ferreira), Felipe Azevedo e Júnior Viçosa (Neto Berola)
Técnico: Felipe Conceição
17ª rodada da Série B do Brasileiro
Estádio: Barradão
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Luciano Benevides de Souza e Lucas Torquato Guerra (DF)
Cartão amarelo: Zé Ricardo e Lucas Cândido
Cartão vermelho: Zé Ricardo
Americano suspenso: Zé Ricardo
Próximos jogos: Guarani (c), São Bento (f) e Operário-PR (c)


Publicidade