Publicidade

Estado de Minas SÉRIE B

América terá briga direta com times na zona de degola

Na luta para se reerguer na competição, América viverá sequência contra o Vitória, o Guarani e o São Bento, também na parte de baixo da tabela. Só uma partida será em BH


postado em 19/08/2019 04:00

O Coelho, do técnico Felipe Conceição, melhorou o desempenho, mas segue na zona de rebaixamento(foto: RAMON LISBOA/EM/D.A PRESS - 23/7/19)
O Coelho, do técnico Felipe Conceição, melhorou o desempenho, mas segue na zona de rebaixamento (foto: RAMON LISBOA/EM/D.A PRESS - 23/7/19)


Depois de alcançar a segunda vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro, o América terá agora duelos com adversários diretos na briga para se manter longe da zona do rebaixamento. Nas próximas rodadas, o time enfrentará Vitória, Guarani e São Bento, que também estão na parte de baixo da tabela.

Para o técnico Felipe Conceição, a saída definitiva da degola ocorrerá na medida em que o Coelho continuar fazendo boas partidas na competição. “Tenho trabalhado com o grupo o desempenho. É o desempenho que vai nos tirar da zona e jogar para o meio da tabela. O importante é ter desempenho a cada partida, lutando pela vitória em casa ou fora”.

Os 2 a 1 sobre o Cuiabá, na noite de sábado, no Independência, foram classificados por ele como “vitória maiúscula”. Ele elogiou o poder de contra-ataque e a grande campanha como visitante do adversário – agora de quatro triunfos, um empate e três reveses – no duelo pela 16ª rodada.

“Foi uma vitória maiúscula. Enfrentamos uma equipe que, se sai daqui vencedora, estava no G-4, que não tinha perdido após a Copa América, é a segunda melhor visitante e, dos nossos adversários, tem o melhor contra-ataque. Fizemos um excelente primeiro tempo, evitamos esses contra-ataques no início do jogo, criamos superioridade e, no segundo tempo, soubemos sofrer, o que é necessário. Equipes assim em alguma hora vão nos encurralar. Há um bom trabalho do outro lado. É uma vitória maiúscula de um time que está lutando, e conseguindo, vitórias”, analisou.

De fato, a segunda etapa foi de muita dificuldade para o alviverde no Horto, já que o rival pressionou, diminuiu o placar e só não chegou ao empate por causa de pelo menos três intervenções seguras do goleiro Jori e da trave. De acordo com Felipe Conceição, a característica do Cuiabá, de jogar em velocidade, dificultou o domínio do América em determinados momentos. Na opinião do treinador, a equipe mato-grossense foi a mais complicada de enfrentar sob seu comando.

“A gente estava conseguindo ter regularidade e impor nosso jogo nas outras partidas. É, talvez, o adversário mais forte que enfrentamos, sobretudo em casa. Quisemos controlar o jogo um pouco demais. Comigo [no comando] foi a primeira vez que tivemos a sensação de estar vencendo por 2 a 0 logo no primeiro tempo. Por isso, acho que o time buscou uma tranquilidade exagerada”, reconheceu. Júnior Viçosa e Neto Berola fizeram os gols americanos.

NA DEGOLA Com 17 pontos, o América dormiu fora da zona de rebaixamento, mas retornou ontem à área de degola com o triunfo do Vitória por 1 a 0 sobre o CRB no Estádio Rei Pelé, em Maceió.


O que vem por aí

Adversário  Data   Local
Vitória quarta, 19h15 Barradão
Guarani domingo, 11h Independência
São Bento dia 28, 19h15 Walter Ribeiro


Publicidade