Publicidade

Estado de Minas

Novato leva ouro. Mineira, bronze

Brasil quebra jejum de 12 anos com primeiro lugar no tae kwon do. Ciclismo dá prata e ainda terceira colocação para competidora de BH


postado em 29/07/2019 04:07

Edival Marques foi ao lugar mais alto do pódio, numa virada incrível no Peru(foto: FOTOS: Jonne Roriz/COB)
Edival Marques foi ao lugar mais alto do pódio, numa virada incrível no Peru (foto: FOTOS: Jonne Roriz/COB)
 
Depois de 12 anos, o Brasil voltou a conquistar uma medalha de ouro no tae kwon do dos Jogos Pan-Americanos. Em luta de recuperação ontem à noite, em Lima, o paraibano Edival Marques Pontes, o Netinho, derrotou o dominicano Bernardo Pie por 17 a 14 e confirmou o primeiro lugar da categoria até 68kg. Netinho – namorado da lutadora Talisca Reis, que faturou a medalha de prata, sábado – foi para o terceiro e último round perdendo por 11 a 5 e conseguiu uma virada incrível.

Hoje, o Brasil continua a busca por medalhas na modalidade no Peru. A principal esperança é o mineiro Maicon Andrade Siqueira, de Ribeirão das Neves, bronze nos Jogos Olímpicos do Rio’2016. Ele começa a busca pela disputa na categoria acima de 80kg a partir das 11h. Outro esporte que deve render medalhas para o Brasil é a canoagem de velocidade, especialmente com Isaquias Queiroz, na final da C1 1.000, às 11h45.

Netinho tem apenas 21 anos – 22 anos mais novo do que a vencedora de uma medalha de bronze muito festejada ontem. Aos 43, a mineira Jaqueline Mourão conquistou a primeira medalha de sua carreira em Jogos Pan-Americanos. Brasileira que abriu os caminhos do país nos Jogos Olímpicos de inverno e de verão, Jaqueline, nascida em Belo Horizonte, ficou com o bronze no ciclismo mountain bike no circuito de Morro Solar, em Lima. Ela completou o percurso em 1h31min12, atrás da mexicana Daniela Campuzano, que fechou a prova em 1h30min45, e da argentina Sofia Gómez (1h31m06).

Mestre em educação física, Jaqueline tem seis Jogos Olímpicos no currículo. Esteve na equipe de mountain bike de Atenas’2004 e Pequim’2008. Na Olimpíada de inverno, representou o Brasil em Turim’2006, Vancouver’2010, Sochi’2014 e Pyeongchang’2018, em modalidades como biatlo e esqui cross country. Eleita cinco vezes pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) como a melhor atleta do mountain bike (entre 2002 a 2006), ela tem como objetivo disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio’2020 e encerrar a carreira na Olimpíada de Inverno de Pequim’2022.

“Ainda penso em Jogos Olímpicos (de verão). É o meu objetivo principal. Estou liderando o ranking, mas vamos pensar em um ano de cada vez, até pela minha idade”, afirmou. “Mas eu ainda me sinto muito forte, provavelmente pelos esportes de inverno, que são muito duros e me deixaram ainda melhor nessa volta ao ciclismo. Vamos tentar fechar com chave de ouro indo para mais uma Olimpíada.”

EM SEGUNDO Favorito ao ouro no masculino, Henrique Avancini sofreu com problemas com sua bicicleta e ficou com a prata. O brasileiro fez ótima prova, acabou tendo um pneu furado e viu o mexicano Jose Ulloa garantir o primeiro lugar com boa vantagem. Assim, o Brasil segue o jejum sem ouros no ciclismo. Outro atleta experiente foi ao pódio ontem, em Lima. Aos 49 anos, Júlio Almeida ficou com o bronze na Pistola de Ar 10m, superado pelo cubano Jorge Potrilé e pelo norte-americano Nickolaus Mowrer.


Brasil no Pan
Hoje
Badminton
11h Primeira fase (Ygor Coelho, Francielton Farias e Artur Pomoceno)
13h Primeira fase (Jaqueline Lima, Sâmia Lima)

Boliche
16h Classificatório (Bruno Costa, Marcelo Suartz)

Boxe
16h15 quartas de final, até 49kg (Ronaldo Bezerra)
18h quartas de final, até 60kg (Beatriz Ferreira)
22h quartas de final até 75kg (Hebert Souza)

Canoagem velocidade
11h35 Final K1 1.000 (Vagner Souta)
11h45 Final C1 1.000 (Isaquias Queiroz)
13h Final K2 1.000 (Vagner Souta/Edson Silva)
14h Final K1.500 (Ana Paula Vergutz)

Esqui aquático
18h Finais (Mariana Nep)

Handebol
20h Brasil x EUA (semifinal feminina)

Ginástica artística
20h30 Aparelhos (finais)

Pentatlo moderno
10h revezamento feminino

Hipismo
10h30 Final por equipes

Levantamento de peso
16h20 96kg (Serafim Veli, Marco Túlio Gregório)

Nado sincronizado
14h Duetos (Maria Clara Coutinho e Luísa Borges)

Surfe
11h Round 1 (Robson Santos)
13h40 Round 1 (Karol Ribeiro)
16h20 Longboard Round 1 (Wenderson Biludo)

Taek won do
11h 80kg (Ícaro Miguel)
Acima de 80kg (Maicon Andrade)
67kg (Milena Titoneli)
Acima de 67kg (Raiany Fidélis)

Tênis
12h Primeira rodada (João Menezes, Thiago Wild)
18h Fase de 32 (Carolina Meligeni)


Publicidade