Publicidade

Estado de Minas

"Tem que ralar mais"

Willian Maranhão cobra mais empenho do grupo para conseguir tirar o América da zona de rebaixamento. Em 19º lugar, o Coelho viajou para Goiânia, onde enfrenta o Vila Nova amanhã


postado em 19/07/2019 04:07

"Em Goiânia, temos que ir com outra mentalidade, de correr mais, de se esforçar muito e ter aquele 'algo a mais' para ter o resultado positivo" Willian Maranhão, volante alviverde (foto: Mourão Panda/América)


Antes da viagem para Goiânia, na noite de ontem, o volante Willian Maranhão cobrou do grupo mais empenho para tirar o América da péssima posição na Série B do Brasileiro. Para ele, a intertemporada foi boa, mas já ficou provado – depois da goleada para o Figueirense por 4 a 0 – que ainda falta muita coisa para o time entrar nos eixos. E uma delas é mais esforço dentro de campo já na partida contra o Vila Nova, amanhã, às 16h,  pela 10ª rodada.

“Comentei que a gente vinha em uma intertemporada muito boa, mas aí vimos que não é o suficiente. Tem que ralar mais, tem que correr mais, se faltou algo, tem que ter. A gente tinha que ter deixado tudo em campo, e acho que não foi deixado. Ou a gente teria saído com o resultado favorável. Em Goiânia, temos que ir com outra mentalidade, de correr mais, de se esforçar muito e ter aquele ‘algo a mais’ para ter o resultado positivo”, disse o jogador alviverde.

Em treino fechado, o técnico Felipe Conceição, que fará sua primeira partida no comando da equipe desde que assumiu a vaga do demitido Maurício Barbieri, deu atenção à parte tática do time. Os atletas do Coelho aperfeiçoaram o posicionamento em campo, além de trabalhar passes e transições e realizar atividade em espaço reduzido, já que o comandante quer um time mais compacto e com uma melhor organização na defesa.

A preocupação com o sistema defensivo ficou ainda mais evidente depois da goleada no último sábado. O América é o segundo time mais vazado da Série B, com 14 gols sofridos, empatado nesse quesito com o São Bento. Por isso, ao longo da semana, Felipe Conceição treinou a defesa como o objetivo de melhorar o rendimento da retaguarda. O desempenho defensivo é algo que incomoda o grupo, como destacou Maranhão.

“Acho que todo mundo tem que ter esse gosto ruim de ser uma das piores defesas do campeonato. Mas sabemos que temos qualidade, que nós somos capacitados para defender a camisa do América. Temos que melhorar, temos que levar menos gols e fazer mais”, frisou o volante americano.

O volante Luiz Fernando ainda se recupera de estiramento na coxa direita e segue como desfalque. O jogador se lesionou durante o jogo-treino contra o Cruzeiro, na intertemporada.

Com apenas um triunfo na competição, além de seis derrotas e dois empates, o Coelho é o 19º colocado na tabela de classificação, à frente apenas do Vitória, que é o lanterna, e precisa muito de uma vitória amanhã, em Goiânia, para começar a recuperação no campeonato.

* Estagiário sob supervisão do editor Álvaro Duarte

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade