Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Três horas para definir vencedor


postado em 01/07/2019 04:08

(foto: Andrej Isakovic/AFP)
(foto: Andrej Isakovic/AFP)

Somente três horas depois da bandeirada final do Grande Prêmio da Áustria de Fórmula 1, ontem, em Spielberg, foi cravado o nome do vencedor da prova. E o holandês Max Verstappen (Red Bull) foi confirmado, depois de buscar a vitória na pista, após largada ruim que o obrigou a fazer uma incrível corrida de recuperação. Ele cruzou a linha de chegada à frente do monegasco Charles Leclerc (Ferrari), ultrapassado a duas voltas para o fim, e do finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), superado na 56ª volta. A manobra que permitiu ao holandês superar Leclerc, porém, foi investigada pelos comissários da prova. “Os carros se enfrentaram na curva 3 lado a lado, houve contato entre eles, mas não consideramos que um dos pilotos seja responsável. Foi um incidente de corrida”, informaram, por nota.

• Skate
Terminou ontem, depois de dois dias de disputa, o 3º Skate Invasion, que reuniu 130 competidores, número recorde do evento, na pista do Parque Lagoa do Nado, em Belo Horizonte. Os destaques foram Renan Rafael Alonso Pires, campeão Máster; Jorge Amarilla, vencedor da Grand Máster; Fernando de Miranda Gomes, que ganhou a Legend; Jorge Barbará, na Grand Legend; e Vinicios Sardi, que levou o plúblico ao delírio, na Paraskate. Nos dois dias, as arquibancadas estiveram lotadas.

• F-2
“O fim de semana começou com a minha pior posição de largada do ano e terminou com  vitória”
Sérgio Sette Câmara, piloto mineiro, vencedor da sexta etapa do Mundial de Fórmula 2, na cidade de Spielberg, na Áustria. A prova contou com a participação de 20 pilotos.

• UFC 
Não foi desta vez que Júnior Cigano se credenciou para buscar de novo o cinturão dos pesos pesados no UFC. O brasileiro foi nocauteado pelo camaronês Francis Ngannou em 1min11seg, na principal luta do evento em Minneapolis, nos EUA, na madrugada de ontem. Foi o oitavo nocaute e a terceira vitória seguida do camaronês. Já Cigano teve a série de três triunfos interrompida. No segundo embate mais aguardado da noite, o também brasileiro Jussier Formiga, número 1 do mundo, foi nocauteado pelo americano Joseph Benavidez e perdeu a chance de chegar à decisão dos pesos moscas. Demian Maia venceu o americano Anthony Rocco Martin por decisão dos juízes e, aos 41 anos, se tornou o segundo maior vencedor da história da organização, com 21 triunfos, atrás apenas do americano Donald Cerrone (23).

• Escalada
O mineiro Pedro Avelar, de 18 anos, conquistou o tricampeonato brasileiro juvenil de escalada em boulder (sem equipamentos). A disputa foi em São Bento do Sapucaí-SP, na noite de sábado, e reuniu competidores nas categorias Sub-20, Sub-18, Sub-16 e Infantil. Estudante de educação física, Avelar escala há seis anos, integra a Seleção Brasileira e mira a Olimpíada de 2024. Ele treina na academia Rokaz, de Belo Horizonte.


Publicidade