Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Mesmo estádio, mesmo adversário... outra postura

Depois de três dias, Cruzeiro enfrenta o Fluminense novamente no Maracanã, mas precisa mostrar estilo de jogo diferente para vencer


postado em 18/05/2019 04:10

"Vamos procurar não cometer os mesmos erros para sair com a vitória" Pedro Rocha, atacante celeste (foto: Fotos: Bruno Haddad/Cruzeiro)



No empate por 1 a 1 com o Fluminense, quarta-feira, no Maracanã, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Cruzeiro deixou bastante a desejar no aspecto ofensivo. Hoje, contra o mesmo adversário e no mesmo local, só que pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro e às 18h, tenta mostrar que foi só um percalço e que o time voltará a ter força no ataque para conquistar a primeira vitória fora de casa na competição.

Para isso, a equipe conta com praticamente meio time que está mais que acostumado ao futebol carioca e ao estádio que abrigou duas finais de Copa do Mundo. O goleiro Fábio, o zagueiro Dedé, o lateral-esquerdo Egídio e os atacantes Fred e Sassá não só já atuaram várias vezes lá, como têm passagens ou foram formados em clubes do Rio. Até quem não poderá jogar hoje, como o lateral-direito Edílson, que está suspenso, e o armador Thiago Neves, com suspeita de dengue, tem história no futebol carioca.

E como vem de um confronto com o próprio adversário de hoje, a intenção é evitar as falhas do jogo passado. “A gente já jogou com eles, sabe mais ou menos como eles vão se apresentar, as características de jogo deles. Vamos procurar não cometer os mesmos erros para sair com a vitória”, diz o meia-atacante Pedro Rocha, que reconhece que o time ficou devendo na quarta-feira. “Mas temos potencial para reverter isso e fazer um grande jogo.”

Se reconhecer os erros é o primeiro passo para corrigi-los, o time celeste está em ótimo caminho. Porém, é preciso passar do discurso à prática.

Uma das coisas a ser feita é ter mais a bola. Quarta-feira, o Cruzeiro ficou com ela em apenas 32% do tempo e isso ajuda a explicar o motivo de o time não ter criado praticamente mais nada além do contra-ataque que resultou no gol. “O Fluminense gosta de ficar com a posse da bola e isso acabou nos incomodando um pouquinho, pois não conseguimos criar as jogadas, como estamos acostumados. Já conversamos para corrigir isso”, declara o camisa 32 e último jogador a chegar este ano.

Com apenas 6 pontos em quatro jogos, o time celeste sabe que não pode deixar escapar mais pontos, sob o risco de se afastar dos primeiros colocados. Assim, mesmo fora de casa, não há outro objetivo se não vencer. “Conhecemos as dificuldades, mas sabemos que podemos fazer um bom jogo e buscar o resultado. Acho que o Fluminense vai tentar fazer a mesma coisa, até pelo estilo de jogo deles. Mas nós vamos agredir um pouco mais, pressionar um pouco mais”, garante o zagueiro Leo.

 

 

REPETECO Ontem, o Cruzeiro voltou a treinar na Gávea, um das instalações do Flamengo. A tendência é que repita a equipe de quarta-feira, o que ocorrerá pela primeira vez no ano.


O ADVERSÁRIO
Flu sem o artilheiro

Assim como no jogo da última quarta-feira, pela Copa do Brasil, o técnico Fernando Diniz não poderá contar com o atacante Pedro no Fluminense. O jovem goleador, de 21 anos, ainda sente dores na perna esquerda em razão da pancada sofrida no jogo contra o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro. A dupla de ataque será formada por Luciano e Yony González. Outro desfalque será o volante Airton. Ele chegou a trabalhar com os colegas nos treinos do início da semana, mas voltou a sentir dores na coxa esquerda.  


FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X CRUZEIRO

Fluminense: Rodolfo; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz e Caio Henrique; Allan, Daniel, Paulo Henrique Ganso e Leo Artur; Luciano e Yony González
Técnico:Fernando Diniz
Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Rodriguinho e Pedro Rocha; Fred
Técnico: Mano Menezes
5ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Estádio: Maracanã
Horário: 18h
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e
Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Héber Roberto Lopes (SP)
CRUZEIIRENSES PENDURADOS: Lucas Romero e Rodriguinho
TV: Pay-per-view


Publicidade