Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Chance para embalar

Depois de estrear com vitória no Brasileiro, Atlético terá a oportunidade de manter os 100% na 2ª rodada, feito que não consegue desde 2012. Vasco foi goleado no domingo e está sob pressão


postado em 30/04/2019 05:08

Luan, meia-atacante alvinegro (foto: Bruno Cantini/Atlético)" title=""A pressão sempre vai existir em time grande. Você joga no fim de semana e na quarta já tem um jogo em que você tem de mostrar desempenho excelente"

Luan, meia-atacante alvinegro (foto: Bruno Cantini/Atlético)" />

"A pressão sempre vai existir em time grande. Você joga no fim de semana e na quarta já tem um jogo em que você tem de mostrar desempenho excelente"

Luan, meia-atacante alvinegro (foto: Bruno Cantini/Atlético)



A primeira vitória do Atlético sob o comando do técnico interino Rodrigo Santana – contra o Avaí por 2 a 1, no Independência – foi fundamental para amenizar a pressão dos torcedores, que vinham insatisfeitos por causa da perda do título mineiro e da queda na fase de grupos da Copa Libertadores. No Campeonato Brasileiro, porém, a equipe pode dar um passo à frente e tentará o segundo resultado positivo contra o Vasco amanhã, às 21h30, em São Januário. Desde a edição de 2012, quando terminou com o vice-campeonato nacional, o Galo não consegue os 100% de aproveitamento nas duas primeiras rodadas.

O momento para obter mais um resultado favorável é propício, já que o adversário de amanhã tenta absorver a goleada sofrida para o Athletico por 4 a 1, na estreia, ainda busca reforçar seu grupo, vem da perda do título carioca para o Flamengo e, a exemplo do Galo, está sem treinador desde que a diretoria demitiu o mineiro Alberto Valentim.

O meia-atacante Luan valoriza o triunfo diante do Avaí, mas vê a necessidade de a equipe continuar evoluindo nas próximas partidas do Nacional: “Foi importante começar a competição com os três pontos. Sabemos que temos dois jogos difíceis como visitante, contra equipes que sempre dão trabalho. A pressão sempre vai existir em time grande. Você joga no fim de semana e na quarta já tem um jogo em que você tem de mostrar desempenho excelente, já que a cobrança é grande no Brasil. Vamos trabalhar firmes para fazer grande campeonato”.

Luan estava em campo no último confronto com o Vasco em São Januário, na primeira rodada do Brasileiro do ano passado. O time alvinegro começou na frente, com gol do venezuelano Otero, mas levou a virada na etapa complementar depois de seguidos erros defensivos, com direito a pênalti cometido nos minutos finais.

O jogador entende que o Galo está ciente do ambiente de São Januário e prevê um jogo consistente dos mineiros no Rio: “Já conhecemos bem o Vasco e o clima no estádio. A pressão vai existir da parte deles, mas vamos com o intuito de buscar a vitória. Conseguimos abrir o placar em 2018, mas tomamos gols que davam para ser evitados. Nesse tipo de competição, é preciso sempre buscar a vitória para a equipe ganhar confiança e dar uma arrancada no Brasileiro”.

ZAGUEIROS TITULARES
A manhã de ontem foi de boas notícias durante a reapresentação dos jogadores, na Cidade do Galo. Os zagueiros Réver e Igor Rabello foram liberados para iniciar os treinos com o grupo depois de ficar em tratamento de lesões – o primeiro se recuperou de pancada no tornozelo esquerdo e o segundo ficou fora de combate devido a uma entorse no joelho esquerdo. Hoje, ambos passarão por teste na última atividade em Belo Horizonte e, caso não sintam dor, serão relacionados para a viagem ao Rio.

Réver não atua desde o dia 7, quando se machucou na goleada sobre o Boa por 5 a 0, no Mineirão, pela semifinal do Mineiro. Igor Rabello teve recuperação mais rápida, pois fez seu último jogo na decisão estadual diante do Cruzeiro, no dia 20. Quem permanece de fora é o equatoriano Cazares, que se recupera de lesão na coxa esquerda. Os médicos não determinaram prazo para que ele volte a treinar com bola.


ARRANCADAS
O Galo nas duas primeiras rodadas nesta década

Edição    Placar/Adversário    Estádio
2011    3 x 0 Athletico          Arena do Jacaré
           2 x 1 Avaí                Ressacada
2012    1 x 0 Ponte Preta      Moisés Lucarelli
           1 x 0 Corinthians      Independência
2013    1 x 2 Coritiba           Couto Pereira
           2 x 0 Grêmio            Arena do Jacaré
2014    0 x 0 Corinthians      Parque do Sabiá
           1 x 2 Grêmio            Arena Grêmio
2015    2 x 2 Palmeiras        Allianz Parque
           4 x 1 Fluminense      Mané Garrincha
2016    1 x 0 Santos            Independência
           1 x 1 Athletico          Arena da Baixada
2017    1 x 1 Flamengo        Maracanã
           1 x 2 Fluminense      Independência
2018    1 x 2 Vasco              São Januário
           2 x 1 Vitória             Independência


ENQUANTO ISSO...
Nova camisa contra o Flamengo

O Atlético confirmou a estreia de seu novo uniforme em 18 de maio, na partida contra o Flamengo, no Maracanã, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube assinou contrato com a empresa francesa Le Coq Sportif, que ocupará o lugar da Topper, fornecedora de material desde 2017. O Galo firmou contrato com a Le Coq depois de ter vários problemas com a Topper, como atraso na entrega das camisas e na quitação dos repasses financeiros – o clube acionou a empresa na Justiça.


Publicidade