Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

"Ninguém tem sangue de barata"

Criticado por agredir torcedor que o insultou após a perda da Copa da França para o Rennes, Neymar reconhece o erro


postado em 29/04/2019 05:07

Neymar voltou aos gramados em 21 de abril e no sábado agrediu um torcedor e criticou companheiros de time publicamente(foto: Anne-Christine POUJOULAT/AFP)
Neymar voltou aos gramados em 21 de abril e no sábado agrediu um torcedor e criticou companheiros de time publicamente (foto: Anne-Christine POUJOULAT/AFP)

 

Paris – O astro Neymar, do Paris Saint-Germain, criticado nas redes sociais, reconheceu que errou ao agredir um torcedor adversário que o provocou logo após a final da Copa da França, perdida no sábado para o Rennes (2 a 2, 6 a 5 nos pênaltis). “Estou errado? Estou. Mas ninguém tem sangue de barata”, escreveu o brasileiro em uma publicação no Instagram.
Vários vídeos do camisa 10 do PSG atingindo o rosto de um espectador que esbravejava enquanto o craque e os demais jogadores subiam as escadas do Stade de France até o palco para receber as medalhas de prata incendiaram as redes sociais horas depois do jogo.


Alex Bernardo, um assessor do jogador, publicou em sua conta no Instagram o vídeo feito pelo torcedor agredido, no qual é possível ouvir seus insultos aos jogadores parisienses: “Buffon, você é retardado”; “Kurzawa, não quero seus cumprimentos”; “Verratti racista”; “Neymar, seu puto, aprenda a jogar futebol”.


Nesse momento, o atacante brasileiro afastou o celular do torcedor e o atingiu com um soco na cara, como mostram outros vídeos e testemunhos.


O jornal L'Équipe conseguiu entrevistar o torcedor agredido, Edouard, um entregador de 28 anos de Nantes: “Eu não o insultei, disse que não jogaram nada, é o jogo, incluindo toda a equipe. Quando os jogadores chegaram, Verratti, Buffon, eu gritei: 'vocês não são de nada. Vai Rennes!'”, se defendeu. Ele revelou torcer para o Nantes, time da cidade onde mora, e não para o Rennes.


Segundo o jornal esportivo, o torcedor consideraria a possibilidade de denunciar Neymar na Justiça, e disse ter sofrido um corte no lábio e ter sangrado pelo nariz, o que não parece visível nos vídeos.

Inferno astral?

 

Neymar perdeu parte da temporada se recuperando de contusão no pé. Depois de quase três meses parado, voltou ao time em 21 de abril. Na  semana passada, o brasileiro recebeu três jogos de suspensão na Liga dos Campeões por ter criticado a arbitragem depois da desclassificação do PSG na competição pelo Manchester United. Agora, perdeu a paciência com o torcedor e criticou publicamente seus companheiros mais jovens do PSG depois da perda do título da Copa da França. Em relação à Copa América, que será disputada no Brasil de 14 de junho a 7 de julho, o treinador da Seleção Brasileira, Tite, declarou que aguarda a evoução do camisa 10 para avaliar sua convocação para a competição.


Publicidade