Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Ex-América, João Ricardo é flagrado


postado em 06/04/2019 05:09

Goleiro foi testado após jogo pela Copa do Brasil, e resultado mostrou uso de substância proibida(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press - 20/11/18)
Goleiro foi testado após jogo pela Copa do Brasil, e resultado mostrou uso de substância proibida (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press - 20/11/18)


Ex-jogador do América e atualmente na Chapecoense, o goleiro João Ricardo está suspenso preventivamente. Ele caiu em teste antidoping realizado em 6 de março, após a vitória (2 a 1) da equipe catarinense sobre o Mixto, no Mato Grosso do Sul, pela segunda fase da Copa do Brasil. No exame de urina de João Ricardo foi identificada uma substância proibida pela Agência Mundial Antidoping (WADA) – o nome foi mantido em sigilo. Clube e jogador solicitaram a abertura da amostra B como contraprova.

João Ricardo,d e 30 anos, foi contratado pela Chape nesta temporada, depois do encerramento do vínculo com o América. Disputou 16 partidas pela equipe, com 16 gols sofridos. No Coelho, ele chegou no segundo semestre de 2014 e ficou até dezembro do ano passado. Foram 214 jogos e 218 gols sofridos.

A Chapecoense já tem um jogador suspenso por doping no grupo: o volante Moisés, flagrado em fevereiro do ano passado por uso de corticoide, na partida contra o Nacional, do Uruguai, pela Copa Libertadores.

Sem poder contar com o goleiro titular, o técnico Ney Franco terá que apostar no jovem Tiepo, de 21 anos, reserva imediato. Igor Campos, de 20, goleiro da equipe Sub-20, também pode ganhar oportunidade. “Vamos dar força para o João e esperar que isso se resolva o mais rápido possível”, disse o treinador.

REFORÇO Coincidência ou não, a Chapecoense anunciou ontem à tarde a contratação de Vagner, goleiro do Palmeiras e que estava no Novorizontino, onde disputou o Campeonato Paulista. Ele chega por empréstimo até dezembro.

Vagner, de 29 anos, não poderá ser inscrito no Campeonato Catarinense, em que o Verdão está classificado para as semifinais.

Ele despontou em 2015, no Avaí, durante a Série A do Campeonato Brasileiro. As boas atuações o levaram para o Palmeiras, em 2016, mas ele não se firmou no clube paulista e passou a ser emprestado. Mirassol, Guarani, Ituano e Londrina foram clubes que defendeu antes do Novorizontino. Neste ano, o goleiro tem 12 jogos e nove gols sofridos.


Publicidade