Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Aperitivos

Pelota de lata

Receita fornecida por Antônio Eustáquio, de Unaí: (38) 3676-1052


postado em 10/03/2017 10:10

(foto: Jair Amaral)
(foto: Jair Amaral)

Ingredientes:

- 3 kg de carne bovina (músculo), 1 kg de carne suína (pernil) e

- 500 g de toucinho moídos duas vezes, juntos

- 200 g de farinha de pão

- 2 ovos

- 2 cebolas picadas

- Tempero a gosto

- 2 litros de gordura de porco

Surpresa :

- O pão de queijo no palito é uma invenção de Saul Santana, que passou quatro meses testando o produto. Feito em uma máquina de crepe, a iguaria tem massa com receita especial, guardada a sete chaves pelo mineiro. Aguardem!

- Contato:(38) 8822-1020.

Modo de Preparo:

Misturar os ingredientes, exceto a gordura de porco, e amassar com as mãos até obter massa homogênea, com consistência para enrolar. Fazer bolas com cerca de cinco centímetros de diâmetro. Levar a gordura ao fogo e pôr as pelotas com ela ainda fria. Deixar fritar por uma hora, com a panela tapada. As pelotas que não forem consumidas podem ser conservadas cobertas pela própria gordura e esquentadas para o consumo.



Apetitosa boemia

(foto: Jair Amaral)
(foto: Jair Amaral)

Ao caminhar pelas ruas de Unaí, chega-se facilmente a uma constatação: o pessoal gosta mesmo de um bom papo em mesas de boteco. Seja no Centro ou pelos bairros afora, sempre há um boteco aberto para agradar a boemia da cidade. Um desses recantos da combinação boa prosa e cerveja gelada é o bar do Toninho do Abaeté, onde a regra é se sentir bem. Para tal, o dono da casa, Antônio Eustáquio, não mede esforços.

A começar pelo atendimento, sempre bem-humorado, capaz de encantar a legião de fãs. Prova disso é a sua coleção de chaveiros, exibida com orgulho em uma das paredes do bar. "Tenho 1,5 mil chaveiros. Todos presentes de amigos." Como não poderia deixar de ser, outro chamativo para a casa são os tira-gostos, preparados por Toninho e sua mulher, ali mesmo, por detrás do balcão. A cozinha aberta oferece aos fregueses um espetáculo de fazer salivar.

Entre os sucessos culinários, não faltam torresmos suculentos, daqueles que ficam expostos na vitrine como um convite à perdição. Outra delícia é a pelota de lata, feita com carnes bovina e suína e conservada na própria gordura. O resultado dessa receita é um petisco daqueles que, assim como as mesas de boteco, fazem a gente sempre querer ficar um pouco mais.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade