Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Quitandas

Doce de batata-doce

Receita fornecida por Paulo Rodrigues Fernandes, o Paulo Doceiro, de Piranguinho


postado em 12/02/2016 08:40

Ingredientes:

- 1 kg de batata-doce

- 500 gramas de açúcar

Modo de Preparo:

Cozinhar a batata-doce com a casca, até ficar mole. Tirar a casca e passar a batata no espremedor, como se fosse fazer um purê. Misturar o açúcar e levar ao fogo até dar o ponto (quando o doce gruda mais na colher). Para modelar, encher uma colher com o doce e usar uma faca para retirá-lo e colocá-lo numa superfície lisa. Para cristalizar, deixe secar ao Sol, até que seja criada uma casquinha.



Asas à imaginação

O município de Piranguinho, a 436 quilômetros de Belo Horizonte, é famoso pelos seus doces, especialmente o pé-de-moleque. Mas os de batata-doce e de abóbora também fazem sucesso em todo canto - merecidamente. Desde a entrada da cidade, o visitante encontra barraquinhas com os produtos. Portanto, aproveite e compre vários, afinal são ótimo presente para a família e os amigos. No meio da tarde, a curiosidade se aguça, a imaginação ganha asas e dá vontade de conhecer os locais onde os doces são feitos.

Na pequena fábrica de Paulo Rodrigues Chagas Fernandes, o Paulo Doceiro, de 58 anos, produto químico não entra. Ótimo, não é mesmo? Ao lado do filho Jarbas, de 20, ele diz que aprendeu o ofício "apanhando". Tentou o ponto, a dose exata de açúcar, o jeito mais fácil de moldar, até acertar. Já se vão 24 anos, desde que tudo começou. Hoje, com cuidado, pai e filho fazem os doces, conjugando, o tempo todo, o verbo pingar.

O que será isso? Muito simples. Consiste em tirar o doce do tacho com a colher e passar a faca, para dar forma. Depois de seco e com a casquinha, só resta mesmo saborear.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade