UAI
Publicidade

Estado de Minas CORONAVAC

Doria promete vacinar todas as crianças em 3 semanas

Governador já tinha avisado que daria início à imunização assim que a Anvisa liberasse o uso da vacina em crianças e adolescentes


20/01/2022 16:44

Doria em coletiva de imprensa
Governador de São Paulo, João Doria (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou nesta quinta-feira (20/1) que o estado começará a vacinar contra a covid-19, “imediatamente”, crianças e adolescentes com a CoronaVac. Anúncio foi feito minutos após a autorização do uso emergencial do imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo Doria, a expectativa é de vacinar todas as crianças com a primeira dose em no máximo três semanas:

A Anvisa autorizou, hoje, a aplicação da CoronaVac em crianças a partir de 6 anos; em dezembro, tinha liberado o imunizante da Pfizer em crianças a partir de 5 anos.

O Instituto Butantan, responsável pela produção da CoronaVac no Brasil, solicitou a liberação do uso da vacina em crianças a partir de 3 anos, mas a maioria do colegiado da Anvisa aprovou o uso apenas em crianças a partir de 6 anos de idade.

O governador já tinha prometido que iniciaria a vacinação infantil com a CoronaVac assim que a Anvisa liberasse o uso do imunizante em crianças. Doria confirmou o prazo de três semanas para aplicação da dose inicial contra a covid-19 em todas as 4,3 milhões de crianças de São Paulo. Após o aval da Anvisa, haverá uso imediato de 8 milhões de doses da CoronaVac nos 645 municípios paulistas. Outros 7 milhões de vacinas serão oferecidas a estados e Prefeituras que tiverem interesse no imunizante do Instituto Butantan.

*Estagiário sob a supervisão de Andreia Castro


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade