UAI
Publicidade

Estado de Minas BRASIL

Grupo de comédia relembra passagem em NY e ironiza Queiroga

O comediante da companhia Adriano Siri postou uma foto de 2013 em que os seis atores estavam na cidade norte-americana e posavam com o dedo médio em riste


22/09/2021 23:38

O registro, de Nick Elmoor, foi feito quando o grupo gravava um especial
O registro, de Nick Elmoor, foi feito quando o grupo gravava um especial (foto: Nick Elmoor)
Conhecido pela irreverência ao tratar de assuntos atuais da política nacional e internacional, o grupo de comédia Os Melhores do Mundo não deixou passar em branco o descontrole do Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que reagiu com gestos obscenos a protestos contrários ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Nova York.
 
 
O comediante da companhia Adriano Siri postou uma foto de 2013 em que os seis atores estavam na cidade norte-americana e posavam com o dedo médio em riste. “Enquanto isso, do lado de fora da van do ministro...”, ironizou.
 
O registro, de Nick Elmoor, foi feito quando o grupo gravava o especial Sexo - A Comédia na Broadway. “Já fomos tão chiques”, completou.
 
O episódio de Queiroga viralizou nas redes sociais e foi apenas o começo de uma passagem, no mínimo, marcante nos Estados Unidos. A descompostura da maior autoridade sanitária brasileira em meio à pandemia da covid-19 chocou brasileiros e a imprensa.
 
Um dia após o ocorrido, o ministro, que faz parte da comitiva brasileira que acompanha Bolsonaro na Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU), testou positivo para a covid-19. Agora, Queiroga cumprirá quarentena de 14 dias na cidade estadunidense, que custará aos menos R$ 31,6 mil ao bolso do governo brasileiro -- de acordo com levantamento do "Correio Braziliense".
 
Os outros membros da comitiva, assintomáticos, retornaram ao Brasil e cumprirão o mesmo período de isolamento. No entanto, um teste PCR será feito em cada integrante no quinto dia após o último contato com o ministro, e, caso o resultado seja negativo, o isolamento será encerrado.
 
Além do presidente Jair Bolsonaro e de Queiroga, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, os ministros general Augusto Heleno (GSI), Anderson Torres (Justiça e Segurança Pública), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral), Gilson Machado (Turismo), Joaquim Leite (Meio Ambiente), Carlos França (Relações Exteriores); o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) fizeram parte da comitiva.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade