Publicidade

Estado de Minas "LIBERDADE"

Bolsonaro incita militares contra restrições: 'Certeza que vocês agirão'

Presidente diz esperar não ser necessário acionar as Forças Armadas, mas pede que militares ajam caso seja preciso


27/05/2021 16:00

(foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

O presidente Jair Bolsonaro provocou militares a atuarem, caso haja necessidade, para não permitir que governadores e prefeitos adotem políticas restritivas como forma de tentar evitar a proliferação da COVID-19.

Em um encontro com integrantes do Exército nesta quinta-feira (27/5), na Guarnição Militar de São Gabriel da Cachoeira (AM), o chefe do Executivo disse que, “em qualquer país do mundo”, apenas as Forças Armadas “decidem como aquele povo vai viver”.
O presidente comentou que espera não ter que recorrer às Forças para impedir a adoção das políticas de isolamento. Contudo, se for preciso, Bolsonaro pediu aos militares que cumpram com o dever de garantir a liberdade da população.



“O que nós queremos? Queremos paz, queremos progresso e, acima de tudo, liberdade. E a gente sabe que esse último desejo passa por vocês. Mais do que a obrigação, tem o dever. Tenho certeza que vocês agirão dentro das quatro linhas da Constituição se necessário for”, afirmou o mandatário, em um vídeo divulgado nas suas páginas na internet.

“Espero que não seja necessário, que a gente parta para a normalidade. Não estamos nela ainda, estamos longe dela, mas ninguém pode acusar o atual presidente da República de ser uma pessoa que não seja democrática, que não respeita as leis e que não age dentro da Constituição”, acrescentou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade