Publicidade

Estado de Minas EM 1º TURNO

COVID-19: Câmara Municipal aprova adesão de BH ao consórcio de vacinas

Todos os vereadores votaram a favor do projeto de lei que permite a compra de vacinas e insumos para combater a COVID-19 na capital; 2º turno será nesta sexta


08/04/2021 16:51 - atualizado 08/04/2021 17:45

Projeto quer incluir BH na Frente Nacional de Prefeitos e participar da compra de vacinas contra COVID-19(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Projeto quer incluir BH na Frente Nacional de Prefeitos e participar da compra de vacinas contra COVID-19 (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Vereadores da Câmara Municipal de Belo Horizonte votaram nesta quinta-feira (8/4) a favor do texto que coloca a Prefeitura de BH no consórcio da Frente Nacional de Prefeitos (FNP).
 
O Projeto de Lei 71/2021 tem a finalidade de agilizar a imunização da população contra a COVID-19, com a compra de vacinas e insumos necessários para o combate à doença nos sistemas públicos municipais de saúde.
 
Todos os vereadores presentes votaram a favor do PL, com 36 votos. Segundo a PBH, entrar no consórcio vai fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS), já que as vacinas adquiridas serão destinadas para toda a população de maneira gratuita. A FNP já conta com o interesse de 1.703 municípios, os quais incluem mais de 125 milhões de brasileiros, cerca de 60% dos habitantes no país.
 
A expectativa é que o segundo turno do projeto seja votado na tarde desta sexta-feira (9/4) e encaminhado para sanção do prefeito Alexandre Kalil, na próxima semana. 
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade