Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

'Fizemos o possível e o impossível para salvar vidas', diz Bolsonaro sobre COVID-19

Presidente diz ter a 'consciência tranquila' sobre a gestão da crise do coronavírus


06/08/2020 20:31 - atualizado 06/08/2020 20:54

Jair Bolsonaro, presidente da República(foto: Carolina Antunes/PR)
Jair Bolsonaro, presidente da República (foto: Carolina Antunes/PR)

O Brasil bateu nesta quinta-feira a marca de 98 mil mortes pela COVID-19. No mesmo dia, o presidente Jair Bolsonaro afirmou ter a consciência tranquila e que fez “o possível e o impossível” para salvar vidas.

“Estamos com a consciência tranquila. Não existia, naquela época, como não existe, uma vacina, não existia medicamento, apenas a promessa, no primeiro momento, da hidroxicloroquina, depois outras coisas apareceram”, disse o presidente no Palácio do Planalto, em uma cerimônia fechada à imprensa.

“Junto com os meios que nós temos, temos como realmente dizer que fizemos o possível e o impossível para salvar vidas ao contrário daqueles que teimam em continuar na oposição, desde 2018”, disse o presidente. 

A declaração foi dada no mesmo pronunciamento em que Bolsonaro assinou a Medida Provisória que destina R$ 1,9 bilhão para a compra da pretensa vacina contra o coronavírus que está sendo desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade