Publicidade

Estado de Minas PESQUISA

Governo Bolsonaro tem 45% de reprovação, indica pesquisa; veja mais números

Desempenho de Bolsonaro melhorou, já que o percentual de pessoas que classificaram o governo como péssimo ou ruim em junho foi de 48%


20/07/2020 19:42 - atualizado 20/07/2020 20:58

Presidente da República, Jair Bolsonaro(foto: Evaristo Sá/AFP)
Presidente da República, Jair Bolsonaro (foto: Evaristo Sá/AFP)

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira mostra que o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem 45% de reprovação. O percentual de pessoas com percepção negativa do governo caiu com relação ao último levantamento, realizado em 20 de junho. No mês passado, a quantidade de pessoas classificavam o governo como ruim e péssimo era de 48%

A aprovação do governo (entrevistados que classificam a atuação de Bolsonaro como ótima e boa) subiu de 28% no mês de junho para 30% em julho.

A melhora do desempenho de Bolsonaro pode estar relacionada ao auxílio emergencial de R$ 600 pago pelo governo em função da pandemia do coronavírus.

Avaliação do governo Bolsonaro(foto: XP Investimentos/Ipespe)
Avaliação do governo Bolsonaro (foto: XP Investimentos/Ipespe)
 

Efeitos da rachadinha

A pesquisa foi realizada pela empresa de assessoria de investimentos XP e pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (Ipespe). Foi a primeira depois da prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente.

Efeito no governo Bolsonaro da continuidade da investigação do esquema de rachadinha sobre Flávio e Queiroz(foto: XP Investimentos/Ipespe)
Efeito no governo Bolsonaro da continuidade da investigação do esquema de rachadinha sobre Flávio e Queiroz (foto: XP Investimentos/Ipespe)

Entre os entrevistados, 35% acham que a continuidade das investigações sobre o suposto esquema de rachadinha, em que Flávio e Queiroz estariam envolvidos, irá afetar muito o governo do presidente Bolsonaro.


Foram realizadas 1.000 entrevistas de abrangência nacional, nos dias 13, 14 e 15 de julho. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade