Publicidade

Estado de Minas

Bolsonaro admite que não gostou de Witzel chamar Mourão de presidente

"Eu não gostaria que fizessem isso comigo. Não interessa qual seja o assunto", afirmou o presidente nesta segunda-feira (27)


postado em 27/01/2020 09:24 / atualizado em 27/01/2020 10:08


Nova Délhi - O presidente Jair Bolsonaro admitiu que ficou irritado com o vídeo do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, conversando com o presidente em exercício Hamilton Mourão, publicado no domingo (26) nas redes sociais.

“Olha, pelas imagens, ele tá no seu carro e um assessor filma. Ele liga para o presidente em exercício. Eu acho que não é usual alguém fazer isso”, afirmou Bolsonaro a jornalistas, nesta segunda-feira (27), em Nova Délhi. O presidente está em visita de Estado ao país asiático e retorna no fim da tarde para o Brasil.

O chefe do Executivo demonstrou que não gostou do post do governador fluminense. “Eu não gostaria que fizessem com isso comigo. Não interessa qual seja o assunto. O que se trata por telefone tem que ser reservado”, destacou.

No vídeo publicado ontem, Witzel conta que solicitou a Mourão e ao Ministério da Defesa apoio para o envio de água potável para as pessoas atingidas pelas chuvas no Norte e no Nordeste do estado. “A ajuda do governo federal será fundamental para socorrer a população dessa região”, escreveu o governador.

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)


Publicidade