Publicidade

Estado de Minas

Carlos Bolsonaro mira aliados na Câmara por reforma da Previdência

Após ser pivô da demissão do agora ex-ministro Gustavo Bebianno, Carlos Bolsonaro aponta o dedo para a bancada, segundo ele, eleita pelo pai


postado em 26/02/2019 09:27

Carlos Bolsonaro(foto: Sergio LIMA / AFP)
Carlos Bolsonaro (foto: Sergio LIMA / AFP)

Depois de se envolver em polêmica que acarretou a demissão do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Gustavo Bebianno,  o vereador Carlos Bolsonaro (PSL/RJ) e filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL/RJ), escolheu, nesta terça-feira (26), outro front para deflagrar mais uma batalha em nome do pai.



Dessa vez, a alça de mira de Carlos está voltada para a bancada de aliados na Câmara dos Deputados. Sem apontar nomes, Pit Bull, apelido divulgado pelo próprio pai,  disse em seu perfil no Twitter que "gostaria de ver mais deputados eleitos por Bolsonaro defendendo a não tão popular, mas necessária proposta da nova previdência".

De acordo com  o vereador fluminense,  "a maioria nem toca no assunto".  Para ele, está faltando 'time'  para "jogar junto, interessado só no Brasil!".

A  mensagem do  parlamentar é feita no mesmo dia que o presidente se reúne, em Brasília,  com lideranças de partidos de oposição, PDT e PSB.

Sem uma interlocução efetiva no Congresso, Bolsonaro tem encontrado dificuldades para montar uma base aliada consistente, que garanta a aprovação das mudanças na aposentadoria, prioridade de seu governo.


Publicidade