Publicidade

Estado de Minas

Bolsonaro recebe apoio de presidente do Chile e de líder de extrema-direita italiano

Ideias polêmicas e intenção de privatizar estatais foram elogiadas pelos apoiadores internacionais


postado em 09/10/2018 19:00 / atualizado em 09/10/2018 19:10

(foto: Tania Rego/Agencia Brasil )
(foto: Tania Rego/Agencia Brasil )

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, recebeu nesta terça-feira mais dois apoios de líderes internacionais. O presidente do Chile, Sebastián Piñera, disse ao El País fez elogios as propostas, mas disse que ele dá declarações “homofóbicas” e “agressivas às mulheres”.

Já o líder da extrema-direita italiana, Matteo Salvini, comparou a acensão de Bolsonaro ao movimento de eleição de candidatos de conservadores na Europa.

“Os sinais que ele está dando sobre abrir a economia brasileira, reduzir o déficit fiscal, reformar as aposentadorias e reduzir o tamanho do setor público com privatizações são o que um país como Brasil, um gigante, precisa”, disse Piñera.

Matteo, liderança polêmica na Itália, afirmou que a eventual eleição de Bolsonaro está na mesma sintonia da “revolução do bom senso que está percorrendo toda a Europa”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade