Publicidade

Estado de Minas

Em sabatina, Maia se posiciona contra privatização de Petrobras e BB


postado em 06/06/2018 10:54

Brasília, 06 - Pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo DEM, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), se posicionou nesta quarta-feira, 6, contra a privatização da Petrobras e do Banco do Brasil. Em sabatina promovida pelo jornal

Correio Braziliense

, o parlamentar defendeu a privatização do sistema Eletrobras, mas, não, pelo modelo proposto pelo governo do presidente Michel Temer (MDB).

"A Petrobras não precisa ter o monopólio. Pode continuar existindo, num tamanho menor. O que não pode é ser estatal única", afirmou Maia ao ser questionado sobre privatizações. "Acho que o sistema Eletrobras pode ser privatizado, não sei se esse modelo que está sendo proposto é o melhor, que privatiza o todo. Poderia ser mais pulverizado.", acrescentou Maia.

Sobre o Banco do Brasil, o deputado afirmou que, no momento, não se deve pensar em privatizar a instituição financeira. "Apesar de ser liberal, acho que o sistema financeiro precisa passar por uma grande reforma para atrair novos atores e mais concorrência", afirmou. Ele defendeu ainda que a Caixa Econômica Federal precisa mudar seu modelo de gestão, para encontrar seu nicho. "Não vale ter dois bancos públicos disputando o mesmo mercado", declarou o presidente da Câmara.

(Igor Gadelha)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade