Publicidade

Estado de Minas

Marun acusa Judiciário de retaliar governo Temer

Para o ministro Carlos Marun, o governoTemer está sendo retaliado pelo Judiciário por causa da reforma da Previdência


postado em 02/02/2018 09:45

Ministro Carlos Marun(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press - 18/01/18)
Ministro Carlos Marun (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press - 18/01/18)

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou nesta quinta-feira, dia 1º, no Rio, que o governo Michel Temer está sofrendo retaliação por parte do Judiciário por causa da reforma da Previdência.

"O governo é retaliado por setores do Judiciário por estar propondo essa reforma. Ou tem cabimento juiz não saber ler artigo da Constituição que estabelece que nomear ministro é prerrogativa do presidente?”, disse, referindo-se à suspensão da posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho.

Cristiane Brasil foi anunciada como a nova ministra do Trabalho no dia 3 de janeiro pelo presidente Michel Temer. Seu nome foi escolhido após uma negociação do presidente com o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB e pai de Cristiane para garantir votos do partido à reforma da Previdência.

A deputada passou a ter sua nomeação questionada e a enfrentar o imbróglio na Justiça após a divulgação de notícias de que ela foi condenada a pagar R$ 60 mil por dívidas trabalhistas a um motorista que trabalhava sem carteira assinada. Cristiane também fez um acordo com outro profissional, pagando a ele R$ 14 mil para evitar uma nova condenação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade