Publicidade

Estado de Minas

Ministros de Temer pedem demissão após pronunciamento do presidente

A avaliação de aliados é que o governo teria perdido a legitimidade que o presidente deveria ter renunciado ao cargo


postado em 18/05/2017 16:56 / atualizado em 18/05/2017 17:20

Freire foi um dos ministros que pediram para sair do governo Temer(foto: Lula Marques )
Freire foi um dos ministros que pediram para sair do governo Temer (foto: Lula Marques )

O ministro da Cultura e presidente do PPS, deputado Roberto Freire, vai entregar o cargo ao presidente Michel Temer as 17:30h. Neste momento ele está reunido com sua equipe preparando o comunicado oficial.

Segundo o líder do PPS na Câmara, deputado Arnaldo Jordy, o minisro da Defesa Raul Jungmann também  pediu para sair.

O ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), também entregou o cargo depois do pronunciamento do presidente Michel Temer (PMDB). A expectativa dos aliados era que ele renunciasse por conta da delação dos donos da JBS, Joesley e Wesley Batista, que dão conta de que ele teria avalizado pagamento de propina ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) pelo silêncio do correligionário.

O ministro das Relações Exteriores também estaria com a carta de demissão pronta. O PSB também pediu que o ministro de Minas e Energia Fernando Coelho Filho deixe o governo, por considerar que Temer perdeu a legitimidade.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade