Publicidade

Estado de Minas

Mais um mistério


postado em 22/11/2019 04:00

Pedro e os amigos estão em volta de um mistério que assombra as plantações de uma aldeia indígena. Ao conhecerem o curumim Caíque eles ficam curiosos para descobrir o motivo dessas queimadas e dar um fim a elas. A partir da união do grupo em busca de solucionar esse mistério é que se desenvolve a trama de O mistério da Mata da Alpineia – A chama do réptil, de Ariálisson Freitas, de 32 anos, que lançou, em 2016, O mistério da Mata da Alpineia – Laços de sangue, primeiro volume da série. O primeiro lançamento da obra foi realizado em 21 de novembro. O segundo será amanhã (23). O livro sai pela Páginas Editora.

A chama do réptil trabalha temas relacionados à natureza, bullying, família e amizades e é destinada ao público infantojuvenil. Para criar as personagens, Ariálisson pesquisou o folclore brasileiro, com a finalidade de construir o mundo fantástico da Alpineia. “Eu faço parte de uma geração órfã de Harry Potter, que teve contato com o Sítio do Picapau Amarelo na infância. Essas são as minhas principais referências, daí a vontade de escrever para o público jovem”, explica o autor.


A CHAMA DO RÉPTIL
. De Ariálisson Freitas
. Páginas Editora
. 100 páginas
. R$ 36
. Lançamento: amanhã (23), às 14h, no Delícias da Mari – Rua dos Atleticanos, 592,    Bairro Milionários, BH



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade