Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Coronavírus

Ômicron: logo vão faltar letras


07/12/2021 04:00

Roberto Barbieri
Passos – MG

“Entendo que é nosso dever (população) não ficar alardeando informações apenas 'confirmadas' em órgãos que estão apenas emitindo opinião, visto que não há ainda confirmação de peso científico quanto a essa cepa do coronavírus.  Uma coisa é certa, as ações das empresas produtoras de vacina deram mais um salto gigantesco de valorização com essas notícias, posições políticas foram tomadas aos montes. Cabeças subiram e desceram. Já chegam, entretanto, notícias de que essa cepa é realmente altamente contagiante, porém de efeitos bem amenos e baixíssima letalidade em relação às anteriores. Enfim, desta vez pode ser mesmo uma gripezinha que vai pegar muita gente e causar nenhum efeito além do que as gripes causam em pessoas já com saúde muito comprometida. Tomara que assim seja, mas vamos aguardar antes de estabelecer uma nova guerra. Enquanto isso, a fome campeia e as pessoas se desesperam ainda silenciosamente.Já vimos que, no caso das pandemias, só 'baixar a lenha' na cabeça de possíveis culpados não é a melhor solução. Isso tudo não implica que neste período de verão e logo em seguida, no pré-outono/inverno no hemisfério sul, não tenham que se tomar todas as precauções decorrentes da pandemia que está em fase agora aparentemente neutra, tais como evitar as aglomerações públicas, a quantidade enorme de viagens nestas próximas festas de fim de ano de 2021 e carnaval de 2022. Isso é planejamento.”

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade