Publicidade

Estado de Minas Desigualdade

Privilégios da classe política


15/07/2021 04:00


 




Luciano Leal
Belo Horizonte

“Uma comparação dos ‘Vossas Excelências’ com os trabalhadores brasileiros, eleitores e patriotas: 1. trabalhamos 35 anos para ter direito à aposentadoria; eles necessitam de um ou dois mandatos; 2. não pagam IR sobre um terço do salário e vantagens; 3. assessores com altos salários e alguns deles usam a prática da ‘rachadinha’; 4. não é exigido dos mesmos capacidade intelectual ou cultural para o exercício do mandato; 5. direito a veículos oficiais, motoristas, viagens aéreas, moradia, cartões de crédito etc.; 6. cinco meses de férias normais, incluindo Natal, semana santa e outros feriados prolongados; 7. 80% do salário, por mais 18 meses terminado o(s) mandato(s) (essa é novidade para mim); 8. uso dos meios de comunicação para mentir aos seus eleitores. É muita mordomia para essa classe de privilegiados. Não esquecendo das emendas parlamentares. Alguns já denunciados por corrupção desde 2019 e até hoje não foram julgados. Este é o Brasil em que vivemos!”

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade