Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas DESVALORIZAÇÃO

A precarização do trabalho moderno


04/12/2020 04:00

Eduardo Martins 
Belo Horizonte 

"Com o surgimento de novas formas de trabalho como o Uber e aplicativos de entrega, é preciso discutir a precarização do trabalho e a falta de direitos e garantias dos trabalhadores que estão se inserindo nesse mercado. Por não existir uma relação direta com o empregador e contar com uma relação de trabalho e contratação rápida, é mais difícil que os trabalhadores saibam, de fato, quais são os seus direitos quando estão inseridos nesse formato. Além disso, os salários são extremamente baixos e as jornadas de trabalho longas. O discurso da meritocracia é a base dessa precarização, defendendo que aqueles que querem trabalhar e ganhar dinheiro devem enfrentar quaisquer condições para conseguir o próprio sustento, desconsiderando que o trabalhador precisa ter seus direitos garantidos. É preciso que a sociedade esteja atenta e não deixe que isso se torne comum no futuro, como tem caminhado para ser, e que os que estão inseridos nesse tipo de trabalho, por necessidade, estejam conscientes sobre seus direitos e os cobrem, por meio de movimentos como greves, que são válidos e devem ser apoiados."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade