Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MACHISMO

Injustiça no caso de Mariana Ferrer


05/11/2020 04:00

Guto Cardoso
Belo Horizonte 

"André de Camargo Aranha é acusado de ter estuprado Mariana Ferrer durante uma festa, em 2018. O caso corria na Justiça e chegou ao fim com a absolvição do estuprador, tendo o juiz declarado o caso como ‘estupro culposo’, um crime que não é previsto em lei e, portanto, não pode ser punido. Além da absolvição totalmente injusta e absurda, Mariana Ferrer foi completamente humilhada durante a audiência, tendo sua índole questionada e sendo ofendida publicamente de diversas maneiras. Esse caso demonstra claramente as voltas que o Estado consegue fazer para proteger um homem rico e influente, enquanto por outro lado humilha e destrói a imagem da vítima, que deveria ser a pessoa protegida. É inadmissível que essa sentença permaneça dessa forma e que nada seja feito. A sociedade e as instâncias mais altas da Justiça devem cobrar todos os envolvidos nesse julgamento e garantir que o estuprador seja devidamente condenado e que Mariana Ferrer seja protegida e defendida depois de passar por tantas humilhações."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade