Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MEIO AMBIENTE

Críticas a agressões a restingas e manguezais


01/10/2020 04:00

Rafael Moia Filho
Bauru – SP 

"O Ministério do Meio Ambiente tentoui derrubar um conjunto de resoluções que, hoje, delimitam as áreas de proteção permanente (APPs) de manguezais e de restingas do litoral brasileiro. A revogação dessas regras abriria espaço para especulação imobiliária nas faixas de vegetação das praias e ocupação de áreas de mangues para produção de camarão. Não contente em permitir e incentivar a exploração da floresta amazônica, da destruição do Pantanal, o governo Bolsonaro deseja destruir, também, manguezais e áreas de proteção ambiental do Brasil. E o motivo é nobre: permitir a especulação imobiliária, a invasão por latifundiários e demais segmentos nocivos ao meio ambiente e a sociedade brasileira, que, para variar, dorme em berço esplêndido diante dessa calamidade. O presidente, depois, com toda a tranquilidade, vai mentir na TV ou em suas lives dizendo que essa destruição é coisa de caboclos e índios..."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade