Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas BRASIL

Todos têm de se unir no combate à COVID-19


postado em 22/04/2020 04:00




Eliana França Leme
Campinas – SP 

“Presidente, temos uma luta pela vida. O país, neste momento, precisa estar mais unido do que nunca. Atitudes desagregadoras não são próprias de um estadista. O povo não quer o AI-5, o povo quer viver e  sobreviver a esta pandemia. São só seus idólatras que participam desses atos irresponsáveis e egoístas como os de domingo, em frente ao QG do Exército, com sua presença e ativa participação. Só o que precisamos é de paz, de tranquilidade, porque todos estão sofrendo muito. Quantos já perderam seus entes queridos ou estão com medo de perdê-los! Tenha piedade do povo, sobretudo dos mais vulneráveis. Neste momento, não é segurar o emprego que importa, mas sim amparar os que não podem e não devem se arriscar saindo de casa. São país e mães de família, cujos filhos ainda necessitam muito deles vivos. Preocupe-se em ver como pode ajudá-los;  preocupe-se em visitar hospitais para conhecer em que estado se encontra o atendimento dos que mais precisam, ao invés de se misturar a abastados e empresários que vão para as ruas em seus carrões adulá-lo, unicamente preocupados com seus empreendimentos e lucros. Este é o momento de mobilizar em nós o sentimento de compaixão e solidariedade. Estamos numa guerra em que o inimigo é perigosíssimo, porque invisível. Então, aja como estadista e não como um indivíduo medíocre incapaz de enxergar a realidade que está à sua frente, como se vivesse num mundo à parte. Se não conseguir fazer isso, renuncie e deixe para quem pode dar conta do recado sem se preocupar com as próximas eleições, pois com esse vírus ninguém sabe se, e até quando,  estará vivo. Deixe o povo em paz. Seja patriota e pare de perturbar. Procure somar esforços com os que estão lutando, desesperadamente, para salvar vidas. E vá trabalhar, que é a única coisa que deve ser feita. Ajude no que for preciso, ao invés de comandar caravanas ridículas com gente atrasada, egoísta e sem noção. 
Aja como adulto e vá a bordo, presidente!”

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade