Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas DESATINO

Reação à ordem de queimar livros


postado em 12/02/2020 04:00



Rafael Moia Filho
Bauru – SP

“O governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL), um ex-coronel aposentado, apoiado pela tríade Bíblia, bala e bois, mandou recolher livros da literatura clássica brasileira das bibliotecas das escolas. Embora tenha recuado e usado da mentira para justificar que aquilo era fake news, os áudios com a ordem que havia partido da Secretaria da Educação não deixam dúvidas. Livros perigosíssimos de Rubem Alves, Machado de Assis, Mário de Andrade, Euclides da Cunha, entre outros, estavam na mira dos adeptos da medida, que a humanidade já viu acontecer na Alemanha de Hitler, com a queima de milhares de livros que o nazismo não aceitava. Ou na Idade Média, por outros motivos. O gesto é deplorável, inaceitável e repugnante, mas faz parte do novo Brasil, comandado a partir de ideais religiosos que não estão em sintonia com o mundo moderno, que nos afastam da liberdade ao usar seus dogmas como se fossem verdades absolutas. Pobre Brasil!”


Publicidade