Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Exportação é saída para os negócios


postado em 28/11/2019 04:00

 
Carlos Jung
São Paulo

"O mundo está em busca de alternativas para se recuperar da crise econômica. Para países com redução do consumo interno, como os da América Latina, uma das melhores alternativas para a retomada do crescimento econômico é a exportação. A exportação cria demanda para a volta da atividade nas fábricas, gera empregos e capta investimento estrangeiro para a retomada da economia. Dados da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) e da agência da ONU para a agricultura e a alimentação (FAO) comprovam essa tendência. A América Latina e o Caribe responderão por 25% das exportações mundiais de produtos agrícolas e pesqueiros na próxima década. Até 2028, essas nações deverão consolidar sua posição de maior região exportadora de produtos agropecuários do mundo, projetando 15% de crescimento. A maior parte dos países está aberta para o comércio, e o crescimento da exportação gera muitas oportunidades para diversas empresas, independentemente de seu tamanho. Os países da América Latina têm como principal fonte de produção matérias-primas e commodities, sendo que os alimentos são o mais forte segmento devido à multicultura privilegiada pela geografia e condições climáticas. Também somos grandes produtores de máquinas industriais, com uma participação importante na economia e presente em todas as cadeias produtivas, fortalecendo a produção nos parques fabris instalados em diversos países latino-americanos. A competitividade faz parte do cotidiano de uma empresa e, para integrar um mercado, é preciso estar presente nos principais canais de visibilidade do segmento. Esse é um dos motivos pelos quais lançamos a Expo América Latina Negócios, feira que acontecerá de 13 a 16 de outubro de 2020, em São Paulo. Ao reunir compradores e clientes em potencial do mercado de alimentos e máquinas industriais com foco na indústria alimentícia da América Latina, temos o objetivo de criar uma oportunidade em que compradores e fornecedores dos principais mercados latino-americanos interajam e fomentem a economia, gerando negócios entre os países. Quando uma empresa está pronta para exportar, o melhor a fazer é estar onde seus potenciais clientes possam te ver."



Publicidade