Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas GOVERNO

Cidadã faz críticas a ações do presidente


postado em 22/10/2019 04:00

Eliana França Leme 
Campinas – SP 

"Quando Bolsonaro era candidato, ele já esboçava essa personalidade complicada que hoje aparece com tanta evidência para quem tem olhos de ver. ra, tudo o que está acontecendo são sintomas de quem tem dificuldade de lidar com a realidade. Dessa forma, continuará ser difícil ou praticamente impossível esperar um governo estável, focado nos diversos e complexos problemas que o país precisa enfrentar. Vale lembrar, tudo isso está acontecendo porque Bolsonaro só tem um foco no momento e este foco não passa pela resolução dos problemas. O que lhe importa e motiva é a reeleição. É o único ponto que norteia as ações do presidente. Assim, o que esperar senão choques dentro e fora de seu próprio partido? Acrescente-se a isso a contribuição nefasta dos filhos nesse conjunto de fatores. E para atingir seu objetivo, é evidente que o PT tem um papel fundamental. É preciso que o partido de Lula seja sempre sentido como uma ameaça terrível. Será com essa única pauta, que alimenta esse medo permanente, que iremos enfrentar os reais problemas que afetam tanto o nosso país, como a grave desigualdade social que se aprofunda cada vez mais? Será que não dá para perceber que dessa maneira seremos puxados, cada vez mais, para baixo? Sim, porque quanto maior a pobreza, mais difícil fica sair dessa crise que vai se cristalizando dramaticamente. E não haverá Guedes que dê jeito. Só temos, portanto, uma saída. Pressionar esse governo para que governe de verdade e que pare de colocar a culpa sempre em alguém de fora, por não conseguir dar conta do recado das crises que surgem, por não saber se concentrar na resolução elas. E, nas próximas eleições, tratemos de escolher alguém que realmente se disponha a fazer o governo que tanto desejamos. Isso se soubermos escolher, não com base no medo do PT, mas tendo por guia os verdadeiros valores éticos, morais e os mais profundos princípios democráticos." 


Publicidade