Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 03/01/2019 05:11

 

 




cartas:




Transtornos
Insegurança e
sujeira no Rio

Antonio José Gomes Marques
Rio de Janeiro

“O Rio de Janeiro é uma cidade imunda. Um local onde a vida está pela hora da morte, e ai o prefeito Crivella, um cara alienado e sem noção, diz que o Rio de Janeiro está uma cidade segura porque o primeiro-ministro de Israel andou pela praia e pelo calçadão de Copacabana e nada aconteceu. Só se esqueceu de dizer quantos seguranças estavam com ele, né? Além disso, na passagem do ano, muitos arrastões e tiros foram também os participantes da festa.”

 

 

 

Rotina
Maus políticos e
velhos problemas

Hernani  José de Castro
São Gonçalo do Rio Abaixo – MG

“Se numa revista bem profunda, sobre a ‘gerência’ de todos os antigos ‘políticos’, principalmente os que fizeram e fazem do cargo seus ‘donos’, observaremos que ao contrário de Juscelino Kubitschek, construtor da melhor capital brasileira, onde milhões de empregos foram criados. Após seus cinco anos de governo, nada serviu de exemplo. Favelas por todos os lados, desabamentos anuais, desaparecimento de recursos públicos, incluindo peças de arte. Falta de sensibilidade nos setores sociais mais importantes – educação, saúde e segurança –, entre outras necessidades sociais, mas de olho sempre no dinheiro pago com suor. Esse aparato de segurança absurdo chamando a atenção de todo o universo nunca aconteceu e mostra o que está escrito. A malandragem, os péssimos homens empossados, eleitos ou não, deveriam ser banidos do meio político e, se possível até a terceira geração. A esperança não deve ser completa. Esperamos não contar, mais uma vez, com a utopia como nos ‘prometedores’ antigos.”

 

 

 

 

 

Necessidades
Desigualdade
nos salários

Mário A. Dente
São Paulo

“O deputado Fábio Ramalho (MDB) declarou que há colegas que passam necessidades com o salário atual e pede o mesmo aumento que tiveram os membros do Supremo Tribunal Federal (STF). Sugiro a ele que faça o mesmo que os da iniciativa privada, que, quando ganham pouco, pedem demissão e procuram outro emprego. Mas ele não acha que os do salário mínimo, que ganham 34 vezes a menos, passam necessidades.”

 

2018
Entre operadores
políticos e espirituais

Jose Pedro Naisser
Curitiba

“Como se não bastasse as fake news das eleições de outubro, os robôs influenciadores e o caixa 2 dos péssimos políticos alegando que não receberam os valores das empreiteiras nem dos frigoríficos, encerramos 2018 com a última cirurgia do seu João de ‘deus’. O que será do desaparecido assessor parlamentar, o Fabricio Queiroz, motorista do Flávio Bolsonaro, que, cheio de razão, deu uma entrevista exclusiva ao SBT, dizendo que onde coloca as mãos faz virar dinheiro? Principalmente sobre compra e venda de carros batidos em seguradoras. Porém, para o Ministério Público (MP), as virtudes como comprador de carros batidos não convenceu, sendo assim, vai para o segundo round no dia 10/01/2019 seu esclarecimento. João de Deus entra com a última cirurgia utilizando a paranormalidade para curar tosse, urina solta, diarreia, ácido úricoe bico de papagaio, tudo em um pacote só. O difícil não é explicar como entraram os caraminguás, que foram de pouco a pouco. O difícil é esclarecer como e para quem saíram os grandes saques. Terminamos 2018 com essas notícias bizarras que ganharam todas as mídias. Vamos torcer para que em 2019 não tenhamos mais esses tipos de operadores políticos e espirituais.”



INTENET



TJMG derruba liminar e passagem de
ônibus de BH deve voltar para R$ 4,50
“Um baita jogo de empurra que, no fim, prejudica a população. Para reduzir o valor das passagens, as concessionárias sempre levam dois, três dias pois ‘aguardam a notificação oficial’. Para aumentar, em contrapartida, é imediato. O belo-horizontino não merece tamanha barbárie.”
. SMAuG_36

“A esse imbróglio criado pelo Judiciário mineiro com relação à tarifa de ónibus urbano, dá- se o nome de palhaçada. O povo deveria ser ouvido e respeitado em suas reivindicações. O serviço de transporte urbano em BH e região metropolitana é dos mais caros e ineficientes. Povo, reaja logo, senão, nunca será atendido em suas necessidades, tipo transporte público, hospitais, escolas de boa qualidade e segurança pública.”
. NK

 

‘Com certeza esse 13º não será pago tão
cedo’, diz Romeu Zema sobre abono de 2018
“Sou servidor estadual e preciso do 13° para pagar meu IPVA, será que no consórcio Zema consigo um dinheirinho?”
. Samuel Alves

“Já começou o ano passando vergonha, dizendo que é ‘obrigado’ a receber o salário. Bastava ter dito que doaria o salário para a caridade. Político esquece que vive de imagem e boa gestão, independentemente do cargo. De qualquer maneira, era de se esperar que os servidores estaduais não fossem pagos com a virada do ano. A galerinha gente boa que elegeu Pimentel & Cia deve achar que, se falta dinheiro, basta imprimir mais. Agora é torcer por uma boa gestão desse empresário ai, pois de má gestão Minas Gerais já está de saco cheio.”
. SMAuG_36


FACEBOOK

‘Com certeza esse 13º não será pago tão
cedo’, diz Romeu Zema sobre abono de 2018

“13° não é abono.”
. Pedro H. Fernandes

“Sabia que ia dar nisso! Mais uma vez, pagaremos nossas contas com juros e pelo visto ficaremos com muita saudades de nosso 13º.´”
. Ercy Alves Ferreira

“Sinceramente, não sei onde o Zema vai arranjar dinheiro pra alguma coisa.”
. Victor Hugo Ferreira Caixeta

“Onde tecla para mudar de país (pode ser qualquer um desde que trabalhadores sejam respeitados, onde exista honestidade, onde se respeitam as leis)?”
. Cláudia Márcia

 

 


Publicidade