UAI
Publicidade

Estado de Minas ASSASSINADA A FACADAS

Servidora da Justiça do Trabalho é encontrada morta em apartamento

Diretora da 15ª Vara do Trabalho, Silvanilde Ferreira Veiga, 58, foi morta a facadas na noite de sábado (21/5), dentro do próprio apartamento


22/05/2022 20:53 - atualizado 22/05/2022 21:04

Diretora da 15ª Vara do Trabalho de Manaus (AM), Silvanilde Ferreira Veiga
Diretora da 15ª Vara do Trabalho de Manaus (AM), Silvanilde Ferreira Veiga, aos 58 anos, morta a facadas na noite de sábado (21/5) (foto: Divulgação)

A Polícia Civil (PC) investiga a morte da diretora da 15ª Vara do Trabalho de Manaus (AM), Silvanilde Ferreira Veiga, aos 58 anos, morta a facadas na noite de sábado (21/5). Ela foi encontrada dentro do próprio apartamento, em um condomínio residencial no bairro Ponta Negra, zona Oeste da capital do Amazonas.

De acordo com informações da PC, a filha da vítima teria tentado contado com Silvanilde por volta das 22h de sábado, via mensagem de texto. Sem resposta, ela tentou contato com o porteiro do residencial, para confirmar a presença da mãe no condomínio.
Minutos depois, o porteiro informou à filha da vítima que ninguém do apartamento atendia ao interforne, mas que os veículos da diretora estavam na garagem. A filha, então, foi ao apartamento da mãe acompanhada do namorado, onde encontrou Silvanilde estendida no chão da sala, de bruços e em cima de uma poça de sangue, já sem vida.

No local foram encontradas algumas facas com manchas de sangue, mas não há sinais de arrombamento na porta. O condomínio já forneceu as imagens de câmeras instaladas no local, mas a PC ainda não informou se há suspeitos do crime. 

De acordo com a corporação, o único objeto que não foi encontrado foi o celular da vítima. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) da capital amazonense.

Consternação

Em nota, a presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT-11) situado em Manaus, desembargadora Ormy da Conceição Dias Bentes, prestou condolências e solidariedade aos familiares e amigos da servidora. 

A nota disse ainda que a vítima prestou 31 anos de serviço à Justiça do Trabalho; ingressou no Tribunal em 9 de janeiro de 1991, no cargo de técnico judiciário - área administrativa -, e era diretora de secretaria da 15ª VTM desde 1º de janeiro de 2007.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade