UAI
Publicidade

Estado de Minas DISTRITO FEDERAL

Coronel da PM é autuado por estupro ao obrigar jovem a ter relações sexuais

Caso ocorreu em um motel de Taguatinga Norte. Vítima conta que, para fugir de coronel que o ameaçava, pegou a arma do militar e efetuou disparos


09/04/2022 18:45

Motel de Taguatinga
Caso ocorreu em Motel de Taguatinga, no Distrito Federal (foto: Reprodução)
 
Um coronel da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi autuado por estupro contra um jovem, de 21 anos, na manhã deste sábado (9/4). Segundo as investigações, E.M.S, 47, da PMDF, forçou e ameaçou a vítima com uma arma de fogo para cometer o ato sexual.
 
O caso ocorreu no Motel Fiesta, em Taguatinga Norte. Aos policiais, a vítima, W.G.S, contou que sentiu-se coagido e, para tentar fugir do local, pegou a arma do policial e efetuou disparos de arma de fogo. Assustados com o barulho, funcionários do motel acionaram a PMDF e informaram que havia um homem armado do lado de dentro do portão. Quando os policiais chegaram, renderam o jovem e conduziram-no à 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro).

O coronel se apresentou como policial à equipe, mas permaneceu calado e pediu apenas que os PMs o ajudassem, alegando que não se apresentaria à delegacia pelo fato de ser casado. Na versão do jovem, ele e o coronel saíram para comprar drogas, no Setor M Norte, para consumirem juntos no motel.
 
Ele disse, ainda, que se desentenderam no momento da relação sexual e, por isso, foi impedido de deixar o quarto, momento em que pegou a arma do PM e efetuou os disparos.

Segundo a Polícia Civil, o coronel foi autuado por estupro, uma vez que não houve consentimento para a prática de atos libidinosos. Em nota, a Polícia Militar informou que será aberto processo apuratório para esclarecimento das circunstâncias do fato e que a corporação não coaduna com nenhum tipo de desvio de conduta de quaisquer de seus integrantes.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade